Data: 09/07/2020 12:09 / Autor: Renata Rainatto / Fonte: PMSCS

Secretaria de Cultura de São Caetano divulga resultado do edital Todos pela Cultura

A Secult de São Caetano divulgou hoje, 9, o resultado do edital Todos pela Cultura, de credenciamento de propostas artísticas e culturais para apresentações virtuais


Um dos trabalhos contemplados no projeto Todos Pela Cultura
Um dos trabalhos contemplados no projeto Todos Pela Cultura

Crédito: Divulgação / Secult / PMSCS

A avaliação das propostas foi realizada pela comissão de análise dos projetos do Fundo Municipal de Cultura, composta por membros do Concult (Conselho Municipal de Política Cultura) e representantes da Secult.

O investimento do projeto é proveniente exclusivamente de recursos do Fundo Municipal de Cultura, que foi regulamentado na atual gestão e passou a ter aporte de recursos orçamentários da Prefeitura, bem como o direcionamento de receitas geradas nos eventos realizados pelo município. Em março de 2020, o Fundo Municipal de Cultura somava R$ 639 mil, tendo contribuído com R$ 500 mil para ações de combate à Covid-19.

Ao todo foram 102 projetos inscritos por 66 proponentes, sendo 91 projetos aprovados de 57 proponentes. Cada uma das propostas contempladas receberá cachê no valor de R$ 500.

Onze projetos de nove proponentes foram reprovados, onde quatro não residem em São Caetano, um não apresentou proposta cultural e quatro não assinaram as declarações solicitadas no edital.

Vale destacar que a Secult, juntamente do DTI (Departamento de Tecnologia e Informação), desenvolveu um portal de inscrição totalmente online, onde o proponente não precisa mais se dirigir até a secretaria para efetivar sua inscrição e realiza todo o procedimento por meio digital, onde todos os dados do cadastro ficarão em um banco de dados, facilitando assim a inscrição em futuros editais.

O secretário de Cultura, João Manoel da Costa Neto, ressaltou a importância do projeto neste momento em que o mundo vive com a pandemia do coronavírus. “Esse edital criou a possibilidade de atuação aos artistas no momento de isolamento social, lhes permitindo a retomada das suas gerações de renda e divulgação de seus trabalhos de forma interativa com o mundo e garantindo atividades culturais aos internautas”, finalizou João Manoel.

Comente aqui