Data: 10/09/2019 11:35 / Autor: Mark Ribeiro / Fonte: PMSCS

Saúde Acolhedora orienta profissionais para a humanização do setor

Profissionais de Enfermagem, Odontologia, Fisioterapia, Psicologia, Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional formaram o público de mais uma etapa do programa, da Prefeitura de São Caetano


Saúde Acolhedora orienta profissionais para a humanização do setor em São Caetano
Saúde Acolhedora orienta profissionais para a humanização do setor em São Caetano

Crédito: Letícia Teixeira / PMSCS

Profissionais de Enfermagem, Odontologia, Fisioterapia, Psicologia, Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional formaram o público de mais uma etapa do Programa Saúde Acolhedora, da Prefeitura de São Caetano do Sul. A iniciativa visa a humanização do setor por meio da orientação e da permanente requalificação dos 2.200 profissionais da área. O encontro foi realizado segunda-feira (9/9), no Hospital São Caetano.

O prefeito José Auricchio Júnior participou da reunião e destacou que, de cada R$ 100 arrecadados pela Prefeitura, R$ 25 são investidos na Saúde, muito além do mínimo exigido pela Constituição (15%).

“Isso resulta em uma rede municipal bem estruturada, com boa oferta de exames e distribuição de medicamentos, por exemplo. Mas não somos imunes a problemas pontuais. Além disso, o nível de exigência do morador de São Caetano é diferenciado. Portanto, nossos serviços precisam atender a essa expectativa”, afirmou o chefe do Executivo.

Auricchio ressaltou a importância da proatividade para a solução de problemas do dia a dia. “Atendimento humanizado se faz com atenção às necessidades do paciente. Ninguém vai a um hospital ou a uma unidade de Saúde porque quer. Vai porque precisa. A pessoa está ali fragilizada e precisa ser acolhida com carinho e respeito”, ponderou. “Às vezes, um gesto ou um telefonema soluciona o problema daquele paciente.”

O programa Saúde Acolhedora foi iniciado em julho. Médicos, enfermeiros, dentistas, psicólogos, fisioterapeutas, funcionários de setores administrativos e da Central de Agendamento, entre outros, estão recebendo orientações para humanizar o atendimento.

A secretária municipal de Saúde, Regina Maura Zetone, e a diretora da pasta, Adriana Berringer, também participaram.

Comente aqui