Data: 24/01/2022 10:29 / Autor: Redação / Fonte: AD São Caetano

São Caetano traz Ricardo Oliveira para a Série A2 do Paulista

Jogador chega para ajudar o Azulão no acesso a série A1 do Paulistão


Crédito: Reprodução Twitter

Segundo maior artilheiro em atividade no futebol brasileiro com 377 gols marcados por clubes e pela seleção o atacante que hoje tem quarenta e um anos de vida está preparado para vestir a camisa do São Caetano e ajudar o time em busca do acesso para a elite do futebol de São Paulo.

Com uma carreira ilibada e vitoriosa, Ricardo Oliveira viu no Azulão um grande projeto dentro do futebol e já inicia o trabalho com todo o elenco para logo estar à disposição do treinador Max Sandro que comemorou a contratação de mais um importante jogador.

Com a sua base no Corinthians e na Portuguesa, o então garoto da zona norte da capital paulista apareceu para o futebol quando a Lusa o promoveu no ano 2000. Lá atuou no comando de ataque e sempre aproveitando as oportunidades que lhe eram oferecidas foi se tornando protagonista. Depois foi para a equipe do Santos onde no primeiro ano de trabalho se tornou artilheiro e vice Campeão da Libertadores, além do vice campeonato também no Brasileirão.

Depois se transferiu para o futebol espanhol, onde atuou pelo Valência e Betis, sendo que pelo último foi destaque em La Liga com vinte e seis gols marcados em quarenta e seis jogos.

Em 2006 voltou rapidamente para o Brasil em uma bela passagem no São Paulo Futebol Clube onde foi vice campeão e destaque da Libertadores da América, além de ter participado da formação do grupo que meses depois conquistou o Brasileirão. De volta para a Europa ele foi contratado pelo gigante Milan da Itália, onde conquistou a Liga dos Campeões na temporada 2006/2007.

Oliveira anos depois voltou ao futebol espanhol, depois atuou nos Emirados Árabes, sempre sendo protagonista nos rankings de artilharia e conquistando títulos.

De volta ao Brasil atuou novamente no São Paulo, Santos, Atlético Mineiro e sua última equipe foi o Coritiba no ano passado.

Com a camisa da seleção brasileira, Ricardo Oliveira foi convocado em várias oportunidades e tem dois títulos importantes com a camisa amarela, a Copa América de 2004 e a Copa das Confederações de 2005 na Alemanha. Na copa de 2006 ele só ficou de fora da lista final por conta de uma contusão séria no joelho que sofreu meses antes do Mundial.

Comente aqui