Data: 12/04/2013 13:35 / Autor: Redação / Fonte: PMSCS

São Caetano, 100 dias de nova vida

Em evento, população conhece balanço das ações da Prefeitura de São Caetano nos primeiros cem dias de 2013


José Quesada Farina discorreu sobre Segurança
José Quesada Farina discorreu sobre Segurança

Crédito: Du Merlino/PMSCS

As lágrimas que rolaram pelo rosto do prefeito de São Caetano do Sul, Paulo Pinheiro, durante o evento que marcou os primeiros 100 dias à frente da Administração Municipal sancaetanense, traduziram o momento de esforço que o chefe do Executivo e sua equipe vivem atualmente para colocar a cidade em ordem, em boas condições aos moradores. Além disso, as cerca de mil pessoas que participaram da atividade denominada Aqui São Caetano se Encontra, organizada pela Secretaria de Comunicação Social, na noite de quinta-feira (11/4), no Teatro Paulo Machado de Carvalho, puderam acompanhar um raio-x das ações já desenvolvidas pelas pastas municipais nesse período, saber um pouco mais sobre os percalços que foram encontrados e se informar a cerca de projetos futuros.

 “A população pode ver a dificuldade que estou tendo para continuar”, ressaltou o chefe do Executivo, às lágrimas. “Mas vamos seguir firmes e em frente, para melhorar a vida da população”, enfatizou ele, aplaudido de pé pelo público, para, na sequência, cobrar empenho máximo dos secretários municipais. “Quero resultados práticos e não teóricos, com métodos que tragam avanços aos munícipes.”

Na ocasião, Paulo Pinheiro também divulgou que, dos R$ 264 milhões em dívidas deixadas pela Administração anterior, a Prefeitura já pagou R$ 72 milhões, ou 27% do valor total, e garantiu a continuidade e o incremento dos programas sociais. “Peço mais um pouco de paciência à população e que acreditem em nosso Governo, pois vamos melhorar São Caetano.”

O chefe de Gabinete da Prefeitura, Eduardo Casonato, foi o responsável pelas apresentações gerais das ações da maior parte das secretarias municipais. Ele destacou que o governo do prefeito Paulo Pinheiro “foi construído pelo povo de São Caetano e trabalha pelo povo de São Caetano.”

Saúde – Em seu discurso durante o evento, o secretário de Saúde, Sallum Kalil Neto, explanou sobre as benesses que já foram adotadas na cidade desde o dia 1º de janeiro deste ano, tais como a otimização dos serviços (assegurou, por exemplo, a mudança da Casa da Gestante ao Hospital Municipal Euryclides de Jesus Zerbini), reorganização do Programa Saúde da Família, que visou melhorar a atenção aos moradores; e a regularização na distribuição das verbas do SUS, para acabar com as disparidades que anteriormente existiam na cidade.

 “Neste período, percebemos que não temos secretários individualizados. Trabalhamos em clima de união, para um compensar uma possível deficiência do outro”, pontuou Kalil. “Ainda temos de ressaltar que os funcionários abraçaram a causa, para fazer muito com recursos limitados.”

Educação – A área da Educação foi um dos destaques do evento dos 100 dias de governo. Foram citadas ações de grande relevância, como a ampliação das parcelas e do valor do abono pago aos educadores; a concretização da parceria com a Fundação Lemann, sem custos para a Prefeitura; a adoção de um novo cardápio na merenda escolar, com mais qualidade nutricional; e a maior autonomia para a direção das escolas municipais, com acompanhamento das equipes de formação da Educação.

O secretário municipal da Educação, Daniel Belluci Contro, destacou que a diretriz máxima da Administração do prefeito Paulo Pinheiro é “transformar a cidade de São Caetano em paradigma de qualidade de ensino para a nação brasileira”. “Queremos que o aluno ingressante em uma escola municipal de São Caetano no 1º ano do Ensino Fundamental, quando termine o Ensino Médio, tenha condições de disputar uma vaga na USP de igual para igual com qualquer aluno do País.”

Contro fez um apelo para uma maior participação de toda a sociedade na vida escolar dos jovens. “Buscar um ensino de qualidade em nossas instituições não é apenas uma vontade política do prefeito. É uma obrigação da sociedade contemporânea. Ou investimos na Educação destas crianças e jovens, ou estaremos subtraindo o seu futuro.”

Segurança – Na Segurança, destaque para a redução de 40% (de 119 para 71) da quantidade de roubos de veículos. A queda brusca, registrada pela Secretaria de Segurança Pública do Estado, é referente ao primeiro bimestre deste ano, comparado com os primeiros dois meses de 2012. Outra marca expressiva é a inexistência de homicídios na cidade em 2013.

 “Tiramos guardas civis municipais e policiais militares dos departamentos pessoais para colocar nas ruas, de forma que todos tenham a sensação de segurança. Agora vemos na estatística do governo estadual que a criminalidade reduziu bastante na cidade. Isso se deve ao empenho integrado dos órgãos do setor”, destacou Paulo Pinheiro.

Ações conjuntas entre a GCM, a PM e a Polícia Civil tornaram-se frequentes em São Caetano, como a Operação Boa Noite Cidadão, que visa garantir o sossego público. “Atuamos para que o ambiente não esteja propício à prática criminosa”, sintetizou o secretário de Segurança, José Quesada Farina. “As viaturas não ficam mais paradas na porta da GCM. Elas estão nas ruas para trazer proteção e respeito à vida humana.”

Houve, também, sensível melhora na parte estrutural, com a nova base da Defesa Civil, no Bairro Cerâmica; o aumento do efetivo da corporação em 50% e a criação do restaurante da GCM, que oferece alimentação adequada aos mais de 400 guardas do município.

Esporte – A atual administração também está empenhada em fortalecer o Esporte. Os investimentos iniciais são concentrados nas reformas dos clubes, o que beneficia tanto os atletas de alto rendimento quanto a comunidade. “Faremos dos clubes locais mais agradáveis às famílias”, afirmou o secretário de Esporte e Turismo, Gilmar Tadeu Ribeiro Alves.

Os principais ganhos na área são viabilizados em parceria com o Ministério do Esporte. A visita do ministro Aldo Rebelo a São Caetano, em janeiro, foi o pontapé inicial dos projetos, agora em fases avançadas.

Entre as intervenções estão a reforma do Estádio Municipal Anacleto Campanella para servir como centro de treinamento de seleções durante a Copa do Mundo de 2014, e as construções de um ginásio de iniciação esportiva, no Bairro Prosperidade, e de um centro de excelência de ginástica artística, na Avenida Presidente Kennedy (onde funcionava o Agith).

Gilmar Tadeu também revelou o esforço da Prefeitura em conter vazamentos nas piscinas dos clubes, diminuindo prejuízos ao erário, e listou parcerias de sucesso com as secretarias de Cultura, com o projeto Dança é Cultura nos Clubes, e de Saúde, que renderá a instalação de seis academias ao ar livre.

Professor Daniel Contro falou sobre a Educação
Professor Daniel Contro falou sobre a Educação

Crédito: Du Merlino/PMSCS

Comente aqui