Data: 27/03/2020 10:55 / Autor: Redação / Fonte: PMETRP

Ribeirão Pires mantém serviço de fortalecimento de vínculos através de ferramenta virtual

Assistência Social do município tem promovido ações para dar continuidade aos atendimentos durante o período de combate ao coronavírus


A SASC - Secretaria de Assistência Social e Cidadania da Prefeitura de Ribeirão Pires está promovendo ações para garantir a continuidade do atendimento a moradores em situação de vulnerabilidade social durante a atual pandemia do coronavírus.

Diante do cenário de isolamento social, uma das alternativas para que as atividades de fortalecimento de vínculos e socialização dos assistidos não seja interrompida é a utilização de ferramentas virtuais. A plataforma Zoom Video Communications foi escolhida por uma das entidades sociais que atua em parceria com a Prefeitura, pois fornece um serviço de videoconferência, reuniões online, bate-papo, entre outros, reunindo os participantes em salas virtuais.

 “A ferramenta nos possibilita a aproximação do público com os serviços que utilizam, nesse momento de isolamento social causado pela pandemia. É extremamente importante encontrar meios de dar continuidade aos serviços de fortalecimento de vínculos promovido pelos equipamentos da Assistência Social nas entidades sociais parceiras, mesmo que não seja de forma presencial”, afirmou a secretária de Assistência Social e Cidadania, Elza Iwasaki.

A primeira entidade a testar a ferramenta Zoom com o público foi a ABASC Mão Amiga, de Ouro Fino. Pelo Termo de Colaboração com a Prefeitura, a entidade atende cerca de 40 munícipes, em três seguimentos: de 6 a 15 anos; de 18 a 29 anos, e de 30 a 59 anos. Na instituição são realizados serviços de fortalecimentos de vínculos e socialização, por meio de oficinas gratuitas de recreação; saúde e bem-estar; karatê; pintura e artesanato; inglês e violão.

A presidente da ABASC, Veranilda Guimarães, de 52 anos, conta que já utilizava a plataforma para reuniões da entidade entre seus colaboradores e professores. “Decidimos usar a ferramenta para dar sequência ao nosso atendimento. Os oficineiros, de suas residências, desenvolvem as atividades ao vivo junto com os usuários. Aproveitamos, ainda, a família toda reunida”, explicou Vera.

A Prefeitura estuda a ampliação da utilização da plataforma a outras entidades sociais do município. “A ABASC Mão Amiga teve uma iniciativa maravilhosa, e estamos verificando a possibilidade de utilização por outros equipamentos de assistência social, para que possam atender os seus assistidos”, concluiu a secretária Elza Iwasaki.

OUTRAS AÇÕES
A Secretaria de Assistência Social e Cidadania elaborou “Protocolo Municipal de Atuação no âmbito do SUAS – Sistema Único de Assistência Social”, recomendado pela Secretaria de Desenvolvimento Social (SEDS), baseado em diretrizes do Ministério da Saúde, que estabeleceu o Plano de Contingência Nacional do novo coronavírus.

O documento norteia ações para as equipes de serviços de assistência social da Estância - medidas preventivas de higiene, contato social, bem como atendimentos e prestação de serviços dos equipamentos como CREAS, CRAS, serviço de acolhimento para pessoas em situação de rua, entre outros.

Entre as medidas, o protocolo informa quais serviços estão mantidos com atendimento presencial e quais terão atendimento realizado, temporariamente, por telefone ou e-mail.

Comente aqui