Data: 06/11/2019 13:01 / Autor: Mayra Monteiro / Fonte: PMSCS

Redes de esgoto da Av Presidente Kennedy serão substituídas e ampliadas

As intervenções acontecerão gradativamente, com início na Avenida Goiás (em frente ao Corpo de Bombeiros) e término na Rua Arlindo Marchetti


Prefeito José Auricchio Júnior e Rodrigo Toscano
Prefeito José Auricchio Júnior e Rodrigo Toscano

Crédito: Letícia Teixeira/PMSCS

Nas próximas semanas, a Prefeitura de São Caetano do Sul e o Saesa (Sistema de Água, Esgoto e Saneamento Ambiental) darão início às obras de ampliação, recuperação e substituição das redes de esgoto na Avenida Presidente Kennedy. 

Segundo explica o prefeito José Auricchio Júnior, a cidade cresceu e demanda obras que impactam na qualidade de vida da população e no meio ambiente. “A última intervenção no local aconteceu em 1996, com a canalização do Córrego dos Moinhos, mas a rede de esgoto está obsoleta, com mais de 50 anos de utilização”, destaca Auricchio.

“Precisamos melhorar e modernizar a capacidade da rede de esgoto, além de extinguir as ligações clandestinas existentes. Essa obra é uma garantia de desenvolvimento sustentável e um benefício para o futuro da cidade”, completa o prefeito.

De acordo com o superintendente do Saesa, Rodrigo Toscano, cerca de 82 mil moradores dos bairros Santa Paula, Olímpico, Boa Vista, Barcelona, Santa Maria e Oswaldo Cruz serão beneficiados com as intervenções, que totalizarão mais de 6 mil metros de extensão nas duas pistas da Avenida Presidente Kennedy. “Nosso objetivo é manter a qualidade na prestação dos serviços de saneamento ambiental”, pontua Toscano.

“A substituição e ampliação da rede de captação de esgoto eliminarão o problema do mau cheiro, percebido ocasionalmente no local”, acrescenta o superintendente.

O primeiro trecho está previsto para iniciar no final do mês de novembro. Começa na interligação das avenidas Presidente Kennedy e Goiás e segue até a Rua Piratininga (primeiro no sentido Centro-Bairro e, posteriormente, na faixa do sentido Bairro-Centro). Nos principais cruzamentos será realizado o MND (Método Não Destrutivo), que consiste em intervenções subterrâneas.

Durante o período das obras, a Semob (Secretaria de Mobilidade Urbana) atuará para minimizar os impactos no trânsito. Todas as etapas serão previamente comunicadas à população.

Comente aqui