Data: 13/11/2019 09:15 / Autor: Mark Ribeiro / Fonte: PMSCS

Programa Saúde Acolhedora segue humanizando o atendimento em São Caetano

Cerca de 120 funcionários da rede municipal de Saúde formaram os públicos de mais dois encontros do Saúde Acolhedora


Programa Saúde Acolhedora segue humanizando o atendimento em São Caetano
Programa Saúde Acolhedora segue humanizando o atendimento em São Caetano

Crédito: Letícia Teixeira / PMSCS

Farmacêuticos, auxiliares de Farmácia, fisioterapeutas, enfermeiros, fonoaudiólogos e assistentes sociais. Cerca de 120 funcionários da rede municipal de Saúde formaram os públicos de mais dois encontros do Saúde Acolhedora, programa permanente da Prefeitura para a humanização do setor, que inclui a requalificação dos cerca de 2.200 profissionais da área. As capacitações foram realizadas segunda e terça-feiras (11 e 12/11), no auditório do Hospital Infantil Márcia Braido.

O prefeito José Auricchio Júnior participou levando a sua experiência como gestor e médico aos servidores. O chefe do Executivo destacou que São Caetano possui indicadores muito positivos no setor, resultado do alto investimento na área – de cada R$ 100 investidos pela Prefeitura, R$ 25 são na Saúde. “Mas, às vezes, os indicadores se perdem por problemas pontuais. E é aí que uma atitude proativa evita o desarranjo do sistema”, ponderou.

Auricchio ressaltou que atenção, carinho e respeito são indispensáveis no atendimento ao paciente. “É alguém que está sofrendo, hospitalizado ou com um ente hospitalizado. E nós somos a esperança dele. Às vezes, uma palavra, um telefonema, ajuda a amenizar a sua angústia”, exemplificou. “Não há recurso que compre ou tecnologia que substitua o atendimento humanizado.”

Na ocasião, foram apresentados os novos diretores do Complexo Hospitalar, Ricardo Carajeleascow (técnico) e Ubirajara de Campos Filho (administrativo). “Cada um de nós escolheu cuidar de pessoas. Então, o mínimo é darmos o nosso melhor”, resumiu Carajeleascow. “E as palavras acalentadoras são importantes no atendimento”, concluiu a secretária municipal de Saúde, Regina Maura Zetone.

Médicos, enfermeiros, dentistas, psicólogos, fisioterapeutas, funcionários de setores administrativos e da Central de Agendamento, entre outros, estão recebendo orientações dentro do Programa Saúde Acolhedora, iniciado em julho.

Comente aqui