Data: 21/11/2019 16:52 / Autor: Mark Ribeiro / Fonte: PMSCS

População aprova entrega domiciliar de fraldas e dietas em São Caetano

A Prefeitura atende 1.068 pacientes acamados com a distribuição de fraldas e 111 com a dieta enteral


População aprova entrega domiciliar de fraldas e dietas em São Caetano
População aprova entrega domiciliar de fraldas e dietas em São Caetano

Crédito: Junior Camargo / PMSCS

“Só quem tem um ente querido acamado em casa sabe o quanto essa iniciativa facilita muitíssimo a nossa vida.” A frase da moradora do Bairro Fundação Angeli Victorio, de 48 anos, exprime a satisfação com a entrega domiciliar de fraldas e dietas enterais (alimentação especial líquida por sonda), iniciada há um mês pela Prefeitura de São Caetano do Sul. A estratégia foi adotada pela Secretaria de Saúde visando acolher os pacientes e seus cuidadores.

“Como gestor e médico, entendo que o paciente precisa ser tratado com terapias e medicamentos, mas, acima de tudo, com dignidade. E ações como esta mostram o nosso compromisso com uma Saúde mais humana, que entrega mais carinho, atenção e respeito às pessoas”, ressalta o prefeito José Auricchio Júnior.

A Prefeitura atende 1.068 pacientes acamados com a distribuição de fraldas e 111 com a dieta enteral, entre eles Flávio Augusto de Souza. O marido de dona Angeli está acamado há 3 anos, quando sofreu um AVC (Acidente Vascular Cerebral). Até outubro, dona Angeli tinha de se deslocar até o Centro de Saúde Dr. Manoel Augusto Pirajá da Silva, no Bairro Santo Antônio, para retirar os itens de primeira necessidade para o marido.

O deslocamento de 2 km era difícil. “O pacote de fraldas é volumoso (são 64 unidades) e a dieta é pesada (em média 23 litros por paciente). Então, eu ia buscar de Uber, que não é barato. Além disso, o Flávio não pode ficar sozinho. Eu precisava encontrar algum parente para ficar com ele. Às vezes, me ligavam para retirar e eu não podia ir”, lembra a esposa. “Agora, graças à Prefeitura, tudo mudou. Sou muito grata.”

Quem também traduz a aprovação popular da iniciativa é Orival de Carvalho, 81 anos, morador do Bairro São José. “A entrega em casa é, sem dúvida, um gol de placa da Prefeitura”, elogia o marido e cuidador da dona Amélia, 87 anos, acamada há quatro. “Nosso filho ia buscar as fraldas de carro. Mas vi muita gente com condições menos favoráveis carregando pacotes nas costas. É bom saber, que agora todos recebem em casa e não têm mais essa dificuldade.”

O retorno positivo da população chega à equipe responsável pelas entregas. “Iniciamos a distribuição domiciliar porque sabemos que a maioria dos cuidadores é idosa e tem algum tipo de dificuldade de locomoção. Vermos a satisfação e a felicidade deles é gratificante”, externa a coordenadora da distribuição, Marina Renata de Oliveira Collado.

São Caetano tem acumulado importantes conquistas no setor de Assistência Farmacêutica nos últimos anos, como a inauguração do Centro de Distribuição e Logística Nicolau Constantino (no Bairro Prosperidade), o lançamento do Guia de Medicamentos, a chegada da Farmácia de Alto Custo e a nova Farmácia Municipal (ambas funcionando no 1º Andar do Atende Fácil, no Centro).

Crédito: Junior Camargo / PMSCS

Comente aqui