Data: 14/11/2019 13:17 / Autor: Mark Ribeiro / Fonte: PMSCS

População aprova atendimento da Farmácia de Alto Custo de São Caetano

A unidade foi inaugurada no dia 2 de outubro pelo prefeito José Auricchio Júnior e pelo governador João Doria, após articulação encabeçada pelo deputado estadual Thiago Auricchio.


Farmácia de Alto Custo de São Caetano
Farmácia de Alto Custo de São Caetano

Crédito: Letícia Teixeira / PMSCS

“Eu nunca fui tão bem tratada em toda a minha vida.” A avaliação de Nádia Solange de Souza, de 64 anos, resume o elevado grau de satisfação da população com a Farmácia de Alto Custo de São Caetano do Sul, localizada dentro do Atende Fácil, no Centro.

“Estabelecemos um padrão de assistência farmacêutica que a cidade nunca tinha atingido. A Farmácia de Alto Custo integra este ciclo de fortalecimento, que é um dos pilares da Saúde, junto do apoio diagnóstico (exames) e o atendimento ambulatorial e hospitalar”, afirma o prefeito Auricchio. “Isso é, de fato, cuidar das pessoas.”

Dona Nádia se mudou para São Caetano em 2018, vinda do Jardim Aricanduva. Morando na Capital, levava até 11 horas para conseguir os medicamentos para o coração. “Eram duas horas pra chegar no Hospital das Clínicas, até sete horas esperando atendimento e mais duas pra voltar pra casa”, contabiliza.

O cenário encontrado na Farmácia de Alto Custo de São Caetano foi bem diferente. O atendimento foi realizado 20 minutos antes do agendado. “Aqui somos tratados com atenção, carinho e respeito. É um atendimento especial e acolhedor para cada pessoa. A gente se sente importante”, elogia. O retorno no mês que vem já está com o horário agendado. “E ainda cadastrei o RG de três familiares para retirarem por mim caso eu esteja impossibilitada. Sem burocracia nenhuma. É nota mil.”

Antes da inauguração, cerca de 5 mil moradores de São Caetano tinham de se deslocar até o Hospital Mário Covas, em Santo André, para retirar medicamentos especializados. “Minha irmã ficava aguardando até sete horas lá”, lembra Silvia Ricci Jardim, de 38 anos, moradora do Bairro Olímpico. “Agora eu preciso do mesmo medicamento e fui atendida em menos de dez minutos.”

Silvia precisa do Cosentyx, indicado para o tratamento de artrite psoriásica e que custa cerca de R$ 7 mil. Pelo valor elevado, a solicitação pela Farmácia é feita após a primeira requisição pelo paciente, que é o caso de Silvia. “Mas em muitos casos, mesmo que seja o primeiro contato, para o cadastro da receita, o usuário já sai daqui com o medicamento”, ressaltou a farmacêutica responsável, Lizandra Miranda Rodrigues. Tudo de graça.

Foi o que aconteceu com Laudir Vieira dos Santos, de 76 anos. O morador do Bairro Santa Maria faz uso de Seretide, utilizado no tratamento de asma e doença pulmonar obstrutiva crônica. “Sinto falta de ar quando faço esforço físico. Mas aqui a espera de cinco minutos não me cansou não”, comparou, bem-humorado e amplamente satisfeito com o atendimento. “Aprovo 100%.”

Segundo o coordenador da Assistência Farmacêutica da Prefeitura, Eduardo José de Araújo, a média é de atendimentos na Farmácia de Alto Custo é de 100 por dia. “Pela manhã, mesmo sendo o período mais concorrido, a espera é de cinco a seis minutos. Após as 16h, esse tempo cai ainda mais.”

A Farmácia de Alto Custo está localizada no 1º andar do Atende Fácil (Rua Major Carlo Del Prete, 651, Centro). Funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, e também aos sábados, das 8h às 12h.

Os medicamentos atendem a dezenas de situações clínicas, como Alzheimer, Parkinson, epilepsia, esclerose, esquizofrenia e hepatite. A relação completa de itens pode ser conferida no site www.saude.sp.gov.br.

Comente aqui