Data: 03/04/2013 17:05 / Autor: Paula Caetano / Fonte: PMSCS

Neste sábado tem humor em São Caetano com o show Noite de Improviso


 

O Teatro Paulo Machado de Carvalho (Alameda Conde de Porto Alegre, 840 – Bairro Santa Maria) recebe o espetáculo Noite de Improviso, no próximo sábado (6/4), a partir das 21h. Com Marco Gonçalves, Marcio Ballas e Guilherme Tomé, o projeto leva ao palco cenas de curta duração, através de jogos e desafios passados aos atores por um mestre de cerimônias e pela plateia, que presencia a criação de um espetáculo sempre inédito. Trazido pela Secretaria Municipal de Cultura da Prefeitura de São Caetano do Sul, a classificação é de 14 anos.

Noite de Improviso foi concebido por atores de dois grupos de teatro: Cia do Quintal, um dos principais grupos de teatro de improvisação no Brasil com dez anos de pesquisa nesta linguagem, e atrizes da Cia As Olívias, um grupo de humor que pesquisa e explora esse segmento.

Os atores que compõem a peça vêm se dedicando à pesquisa e difusão da linguagem de improvisação há muitos anos. O espetáculo baseado na improvisação estimula o potencial criativo, a espontaneidade, a imaginação e a fantasia de forma coletiva. São apresentações populares, que estimulam a intensa participação da plateia, que compartilha o momento da criação da cena.

O diretor artístico é Márcio Ballas, com assistência de Guilherme Tomé e coordenação geral de João Carlos Paciello Jr. Os ingressos custam R$50 (inteira), R$30 (antecipado – até um dia antes do espetáculo) e R$25 (meia e promocional, para Clientes Porto Seguro, clientes CA Produções e para quem apresentar anúncios de jornais na compra dos ingressos). Estão à venda na bilheteria do teatro, das 14h às 19h. A duração do espetáculo é de 70 minutos. Mais informações pelo telefone 2093-3176.

Com Marco Gonçalves, Marcio Ballas e Guilherme Tomé, o projeto leva ao palco cenas de improviso de curta duração
Com Marco Gonçalves, Marcio Ballas e Guilherme Tomé, o projeto leva ao palco cenas de improviso de curta duração

Crédito: Divulgação

Comente aqui