Data: 30/08/2021 13:22 / Autor: Bignardi Junior / Fonte: PMSCS

João Victor, de São Caetano, é bronze no arremesso de peso em Tóquio

Atleta busca o ouro no lançamento de disco


João Victor é bronze no arremesso de peso
João Victor é bronze no arremesso de peso

Crédito: Divulgação / Comitê Paralímpico Brasileiro

Paratleta do IEMA (Instituto Elisângela Maria Adriano) de São Caetano do Sul, o carioca João Victor de Souza conquistou de forma inesperada a medalha de bronze no arremesso de peso, na classe F37 dos Jogos Paralímpicos de Tóquio.

A medalha veio numa modalidade que não é a especialidade de João Victor, que tem no lançamento de disco suas principais expectativas. O atleta de São Caetano, aliás, disputará o lançamento de disco, na quinta-feira (2/9), com boas chances de levar mais uma medalha.

SUPERAÇÃO

João Victor passou por momentos de grande expectativa até a prova na capital japonesa, pois seu último teste antes do voo teve resultado positivo para covid-19. Além da incerteza sobre a viagem, a doença afetou os treinamentos do atleta na reta final de preparação para a principal competição da vida dele.

João permaneceu em casa e se preparou em condições longe das ideais e dias depois testou novamente. Desta vez, porém, não havia mais traços do coronavírus em seu organismo e ele embarcou para o Japão. João Victor, fez a melhor marca da carreira numa prova que não era sua especialidade.

Agora, eu posso dizer que sou um exemplo de superação. Quando você supera a deficiência, algo que depende unicamente de você, é uma obrigação. Mas, quando você supera algo que não está no seu controle, na sua mão, isso sim é superação para mim. Eu superei essa doença e essa medalha vale ouro para mim”, enalteceu João Victor.

OURO NO MUNDIAL

João Victor, que disputa sua segunda Paralimpíada (ficou em quinto no peso e em sétimo no lançamento do disco na Rio-2016), foi campeão mundial, em Dubai, em 2019.

Comente aqui