Data: 19/11/2019 17:23 - Alterado em: 25/11/2019 16:35 / Autor: Bignardi Junior / Fonte: PMSCS

Fundo Social de São Caetano inaugura o Banco de Alimentos

Os alimentos serão distribuídos às entidades e instituições assistenciais, cadastradas no Fundo Social


Fundo Social de São Caetano inaugura o Banco de Alimentos
Fundo Social de São Caetano inaugura o Banco de Alimentos

Crédito: Junior Camargo / PMSCS

A primeira-dama de São Caetano do Sul e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Denise Auricchio, inaugurou o Banco de Alimentos. A cerimônia, que contou com a participação do prefeito José Auricchio Júnior, foi realizada sexta-feira (22/11), na sede do novo equipamento (Rua Nazareth, 181, Bairro Barcelona).

“É a realização de um sonho que vem desde 2005, desde a nossa primeira gestão. E, agora, com o Fundo Social de Solidariedade consolidado, conseguimos alcançar esse objetivo com o apoio total da Prefeitura”, declarou Denise Auricchio. “Já temos trabalhado muito essa questão no ambiente escolar, com os programas Almoço na Escola e o Nutri & Ação. Criamos um conjunto de ações para garantir a segurança alimentar de todos os moradores de São Caetano do Sul”, concluiu o chefe do Executivo.

O evento contou também com as presenças do deputado estadual Thiago Auricchio, do vice-prefeito e secretário de Esportes, Lazer e Juventude, Beto Vidoski, vereadores, secretários municipais, da primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade de Santo André, Ana Carolina Serra, e de várias das 57 entidades assistenciais que receberão doações regulares do Banco de Alimentos.

Muito emocionada, Denise Auricchio dirigiu palavras de agradecimento às secretarias que apoiaram o projeto e à Câmara Municipal, que aprovou o texto que cria o equipamento. “Essa lei permitirá que o Banco de Alimentos continue existindo independentemente de estarmos aqui ou não no futuro. E isso me alegra muito. O nosso trabalho é para o povo.”

A presidente do Fundo Social também agradeceu a colaboração da USCS (Universidade Municipal de São Caetano do Sul) e da Fundação do ABC, que fornecerão estagiários de Nutrição para colaborar na seleção de alimentos e na elaboração de cardápios preparados conforme as necessidades de cada entidade social assistida.

“A distribuição dos alimentos será de acordo com o perfil de cada entidade e instituição levantada por nossa equipe. Uma entidade que cuida de crianças, por exemplo, receberá alimentos condizentes com essa faixa etária”, explica a responsável técnica pela nutrição, Vanessa Trovatti Mamud.

DOADORES CADASTRADOS

O principal objetivo do Banco de Alimentos é coletar, selecionar, processar e distribuir gêneros alimentícios arrecadados por meio de doações de empresas de alimentos, redes varejistas e atacadistas. Estes alimentos, então, serão rapidamente distribuídos às entidades e instituições assistenciais (pessoas jurídicas), cadastradas no Fundo Social, que atendem pessoas em situação de insegurança alimentar e nutricional.

O Banco de Alimentos do Fundo Social de São Caetano receberá alimentos perecíveis, os chamados FLVs (frutas, legumes e verduras), e também os não perecíveis, que são os ensacados (açúcar, arroz, feijão etc) e os enlatados (milho, ervilha, atum etc). Já estão cadastradas como doadoras as seguintes empresas:  Adria Alimentos do Brasil, Carrefour, Grupo Big (Sam´s Club), Grupo GPA (Extra), Natural da Terra, Sonda Supermercados e Padaria Ben Hur .

BANCO DE RAÇÕES

Junto com a inauguração do Banco de Alimentos também foi inaugurado o Banco de Rações, que atuará segundo a mesma dinâmica: receberá doações de pessoas jurídicas e as repassará a entidades e organizações não governamentais de proteção a animais.

Comente aqui