Data: 08/04/2013 18:27 / Autor: Paula Caetano / Fonte: PMSCS

Fim de semana em São Caetano foi recheado de eventos culturais

Mais um fim de semana repleto de cultura para todos os gostos e idades. Em São Caetano foi assim: música, teatro, exposições e até skate para crianças e adultos curtirem muito.


O sábado começou com a abertura de duas exposições na Pinacoteca Municipal (Av. Dr. Augusto de Toledo, 255 – Bairro Santa Paula), a partir das 10h. Realizado pela Secretaria Municipal de Cultura da Prefeitura da cidade e pela Fundação Pró-Memória, o evento recepcionou o público com apresentação do saxofonista Rocki Gomes e do Quinteto de Sopro da Fundação das Artes.

A inauguração reuniu 180 pessoas. Entre elas, estavam presentes: a vice-prefeita, Lúcia Dal’Mas, o secretário de Cultura de São Caetano, Jander Lira, a presidente da Associação Brasileira de Aquarela, Maria Laura Bechelli Azevedo Marques, a diretora da Educação da cidade, Ivone Braido Voltarelli, a Profª Dra. Elly Rozo Ferrari, responsável pela implantação do serviço educativo e desenvolvimento de programas pedagógicos-culturais do IEB - Instituto de Estudos Brasileiros - da USP, o vereador Dr. Xavier e o diretor geral da Fundação das Artes, Vagner Perton.

As atrações da tarde começaram às 12h com o workshop de danças étnicas no Estação Jovem (Rua Serafim Constantino, s/ nº - Centro – Piso superior do módulo II do Terminal Rodoviário Nicolau Delic), oferecido pela professora Cris Escudeiro. Cerca de 15 alunas fizeram as aulas passando por dança cigana, dança do ventre e dança medieval.

Em seguida, o Arte na Praça chegou ao Bairro São José, no canteiro central, levando muita música aos moradores da região. Os shows começaram às 13h, com apresentação do cantor Wilson Alemão ao som de MPB. Logo depois, às 14h, foi a vez do sertanejo e do pop da dupla Bueno e Batistta fazerem a festa para o público da praça. Quem encerrou as apresentações foi o grupo Aliados do Criador, tocando samba.

Para quem gosta de teatro, também não faltou opção. A peça Iepe, com o núcleo 48 da Fundação das Artes, segue temporada até 19 de maio na Casa de Vidro (polo cultural ao lado do Teatro Santos Dumont – Av. Goiás, 1111 – Bairro Santa Paula). Com texto de Luis Alberto de Abreu e direção de Pedro Alcântara, a peça é apresentada todos os fins de semana, sempre às 20h aos sábados e às 19h aos domingos.

No Teatro Paulo Machado de Carvalho teve humor, com o espetáculo Noite de Improviso. Com os atores Marco Gonçalves, Marcio Ballas e Guilherme Tomé, o projeto leva ao palco cenas de curta duração, através de jogos e desafios passados aos atores por um mestre de cerimônias e pela plateia. Há sempre um convidado surpresa e a que veio para São Caetano foi a atriz global Marianna Armellini, que ao lado dos três divertiu o público de mais de 700 pessoas durante os 90 minutos em que estiveram no palco.

O domingo não seria menos animado. Às 9h, as barraquinhas da Feira de Artesanato e Alimentação já estavam montadas para receber os clientes interessados em novidades de produtos artesanais por preços bastante acessíveis. Eram brincos, pulseiras, colares, sabonetes, toalhas e camisetas bordadas à mão, enfeites para a casa e muitas outras peças que encantavam os olhos de quem passava pela feirinha.

Em abril, a Feira voltará a ser na Kennedy (em frente ao ABREVB – altura do número 2300) no dia 28. Nos outros domingos (dias 14 e 21), vai estar no Espaço Verde Chico Mendes (Avenida Fernando Simonsen, 566 – Bairro São José), sempre das 9h às 17h. Vale a pena conferir.

Às 10h, começava no bairro Mauá, na Rua da Eternidade, a segunda edição do Best Trick Slidera, que contabilizou um público rotativo de 1,2 mil pessoas. O evento reuniu skatistas de diversas cidades e o vencedor foi Rafael Massucci Massa.

Enquanto rolava a competição de skate, o parque Chico Mendes recebia o Teatro nos Parques, projeto realizado pela Cooperativa Paulista de Teatro que, na cidade, teve apoio da Secretaria de Cultura. A peça apresentada foi Contos de todas as cores, com o grupo Girandolá, e encantou as crianças e os pais presentes com a história da menina Lili, que ajuda os contadores de história a saírem de uma crise de ideias.

No domingo também teve Arte na Praça, dessa vez dentro do ABREVB, na Avenida Kenndey. O primeiro show começou às 11h, com Wilson Alemão. Ao meio dia, a cantora Ivany Barretto cantou acompanhada pelo saxofonista Rocki Gomes e pelo violonista Ivo Alencar. Quem encerrou as apresentações do dia foi a dupla Bueno e Batistta.

Também teve teatro. No Paulo Machado, no bairro Santa Maria, o espetáculo foi especialmente para as crianças, que puderam curtir A Batalha de Omnitrix, com um dos personagens infantis mais queridos da atualidade, o Ben 10. A peça levou mais de 700 pessoas ao teatro.

Já no Teatro Santos Dumont, o público assistiu a peça Música para cortar os pulsos, que recebeu importantes premiações, como Prêmio APCA 2010 de melhor peça jovem e Prêmio FITA 2011 de melhor espetáculo e melhor direção. O diretor é Rafael Gomes e o drama mostra o universo de três personagens que discorrem, em monólogos, sobre paixão, desejo, separação, perda e impasses típicos da juventude.

Comente aqui