Data: 14/10/2021 09:19 / Autor: Redação / Fonte: Instituto Mauá de Tecnologia

Eureka 2021: formandos do IMT apresentam soluções para o meio ambiente

Entre os projetos, há alternativas para reutilizar a proteína do leite para a fabricação de plásticos sintéticos, produção de embalagens com base de fibra de coco


Crédito: Letícia Teixeira

De 22 a 24 de outubro, das 13 h às 21 h, acontece a 27.ª edição da Eureka, um dos mais esperados eventos da comunidade acadêmica promovido pelo Instituto Mauá de Tecnologia (IMT). Na ocasião, os formandos dos cursos de Engenharia, Administração e Design apresentam propostas e soluções inovadoras para engenharia, meio ambiente, mobilidade, saúde, bem-estar, negócios, gestão de energia etc. Entre os estudos, há propostas para amenizar os danos ao meio ambiente, tais como:

Proteína do leite para a fabricação de plástico sintético - pesquisas buscam cada vez mais alternativas para reaproveitar resíduos de alimentos para transformá-los em outras matérias-primas, como o caso da proteína do leite, por exemplo, que pode ser utilizada para a fabricação de plástico sintético. A proteína do leite pode ser inserta no mercado por meio de diversas aplicações, como pentes, escovas, brinquedos, peças de computador, cabo de guarda-chuva, cabo de faca, tampas, óculos, botões, porta-lápis etc. O estudo foi realizado por formandos do curso de Engenharia Química, André Gouveia de Carvalho, Caio Alves Morais, Giulia Renna Pavin e Thiago Pennacino do Amaral Mello;

Embalagem com base de fibra de coco - a fibra de coco é reconhecidamente uma importante matéria-prima utilizada em diversos nichos da indústria, como na produção de colchões, escovas, vassouras, vasos de jardinagem, no automobilismo etc. Os alunos dos cursos de Administração, Design e Engenharia de Produção, como o André Pedron, Guilherme Bonini, Ana Carolina Silva, Júlia Krimpelbein, Vinícius Trevisanuto, Aline Nakandakari, Jean Ignácio, Mateus Soares e Willian Topsfed, aprofundaram-se nas pesquisas para incentivar a produção de embalagens eco-friendly, isto é, ecológicas, sustentáveis, com características compostáveis, capazes de reduzir o acúmulo de resíduos sólidos causados pelo descarte de embalagens convencionais, para não agredir o ambiente durante sua decomposição;

Talheres descartáveis com base em biopolímero da semente de abacate -  bilhões de garfos, facas e colheres de plástico são descartados inadequadamente todos os anos, poluindo o meio ambiente. Esse material é feito de polipropileno e poliestireno, substâncias não biodegradáveis e que, por isso, demoram séculos para se decomporem na natureza. Desse modo, como alternativa, os graduandos do curso de Engenharia Química, Giovanna Galdi Fiorese, Matheus de Castro Blair e Vitor Mori Mauerberg, desenvolveram um estudo para oferecer ao mercado talheres descartáveis com base em Biopolímero (matérias-primas de fontes renováveis) da semente de abacate;

Módulo PVT (photovoltaic thermal) - os graduandos do curso de Engenharia Mecânica, Lucas Ventura Bertussi, Alexandre da Veiga Moretti e Marcelo Camargo Magliari, apresentam uma alternativa para amenizar a crise elétrica: potencializar a eficiência da energia fotovoltaica (solar) por meio de um Módulo PVT (photovoltaic thermal) de baixo custo que, acoplado à estrutura, permite a geração de calor e energia elétrica por meio da radiação solar com mais economia.

Serviço

Evento: Eureka 2021

Data: de 22 a 24 de outubro, das 13 h às 21 h, on-line

Gratuito

Comente aqui