Data: 11/11/2019 13:04 / Autor: Mark Ribeiro / Fonte: PMSCS

Auricchio lança o Programa de Saúde e Bem-Estar Animal

São Caetano do Sul dá um grande salto nas políticas públicas em defesa dos direitos dos animais


O trailer Saúde Animal em Movimento, que fará consultas, castração e outros atendimentos de baixa complexidade.
O trailer Saúde Animal em Movimento, que fará consultas, castração e outros atendimentos de baixa complexidade.

Crédito: Letícia Teixeira / PMSCS

A Prefeitura lançou o Programa Municipal de Saúde e Bem-Estar Animal, que concentra série de ações que visam a proteção, o conforto e a vida saudável dos pets. O evento foi realizado domingo (10/11), na Praça dos Imigrantes, no Bairro Olímpico.

O pacote inclui ações macro, como a construção de um Hospital Veterinário Universitário (em parceria com a USCS – Universidade Municipal de São Caetano do Sul); a regulamentação da condução de animais no transporte coletivo; duas unidades móveis Saúde Animal em Movimento, para consultas e castração de pets comunitários e de população de baixa renda, entre outras.

“Assim, debatemos o tema de forma transversal, responsável, séria, lúdica e permanente. São políticas públicas que se complementam para, de fato, garantirem o bem-estar dos animais. Vamos acolher e proteger os pets, e também intensificar o contato com o Ministério Público e órgãos de controle para a fiscalização de toda a atividade animal na cidade, de clínicas veterinárias, ONGs e pet shops, entre outras”, destacou o prefeito José Auricchio Júnior.

O lançamento reuniu dezenas de protetores e autoridades de São Caetano e também de outras cidades, como o secretário de Meio Ambiente e Defesa Animal de São Vicente, Gustavo Palmieri, e o vereador de Santo André Roberto Rautemberg, que possuem amplas atuações voltadas à causa.

“É um grande avanço na defesa dos animais, que fazem parte das famílias e merecem atenção, carinho e respeito”, afirmou a secretária municipal de Saúde, Regina Maura Zetone. O deputado estadual Thiago Auricchio anunciou que destinará emenda em 2020 para auxiliar na criação e manutenção das ações que integram o Programa.

HOSPITAL VETERINÁRIO UNIVERSITÁRIO

Auricchio, Regina e o reitor da USCS, Marcos Sidnei Bassi, assinaram o protocolo de intenções para a construção do Hospital Veterinário Universitário, o primeiro do tipo no ABC. A iniciativa se dá a partir da criação do curso de Medicina Veterinária da USCS, cujas aulas começarão em 2020, com os alunos necessitando de um campo de estágio.

O Hospital Veterinário Universitário funcionará dentro do Civisa (Centro Integrado de Vigilância à Saúde), na Rua Justino Paixão, 141, Bairro Mauá, após reforma para adaptação do espaço. A unidade realizará consultas e procedimentos cirúrgicos de baixa e média complexidades. Tudo gratuito. A previsão é a de que os atendimentos se iniciem no segundo semestre de 2020.

“Em 51 anos de história, nunca estivemos tão próximos da Prefeitura. Desta forma, potencializamos as ações e todos ganham: Prefeitura, USCS e, principalmente, a população de São Caetano”, ressaltou Bassi, lembrando de outras parcerias com a Prefeitura, como o Colégio Universitário e os projetos para transformar o Hospital São Caetano em Universitário e para a construção do Centro Odontológico Universitário, no Bairro da Fundação.

SAÚDE ANIMAL EM MOVIMENTO

Na ocasião, foi apresentado o trailer Saúde Animal em Movimento, que fará consultas, castração e outros atendimentos de baixa complexidade. Tudo de graça e exclusivo para animais comunitários e/ou cujos donos sejam de baixa renda e inseridos nos programas sociais da Prefeitura. A unidade móvel, adesivada com o nome do programa e climatizada com ar-condicionado, conta com equipe composta por médico veterinário, assistente e outros profissionais. O atendimento será itinerante, bairro a bairro – a programação será divulgada em breve.

Além da unidade apresentada no domingo, haverá uma segunda, cuja compra está em fase final de licitação. Esta, fruto de emenda parlamentar do deputado federal Ricardo Izar (R$ 100 mil), além de R$ 16 mil de contrapartida da municipalidade.

TRANSPORTE DE ANIMAIS NOS ÔNIBUS

Animais domésticos de pequeno porte (até dez quilos) poderão ser transportados nos ônibus de São Caetano. É o que prevê o projeto de lei encaminhado por Auricchio ao presidente da Câmara, Pio Mielo. O texto versa que os pets deverão ser conduzidos em caixas adequadas e, em dias úteis, fora do horário de pico, que é das 6h às 10h e das 16h às 19h.

Será cobrada tarifa pela utilização do assento pelo animal, se for o caso, com o limite de dois animais por viagem a bordo dos ônibus. O projeto deverá ser analisado pelos vereadores nas próximas semanas.

CARTILHA E FEIRA DE ADOÇÃO

No evento também foram dadas orientações sobre como proceder no combate aos maus-tratos, com distribuição de cartilhas sobre o tema. E realizada a feira de adoção de cães e gatos.

Quem quer adotar um bichinho e não compareceu não precisa se preocupar. O CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) realiza feiras de adoção sempre no terceiro sábado de cada mês. Os cães e gatos são castrados, vermifugados e chipados. Os interessados em adotar devem ter 18 anos ou mais; apresentar RG, CPF e comprovante de residência; no caso da adoção de gatos, levar caixa de transporte; para adotar cães, levar coleira e guia – é importante que todos os moradores da casa estejam em acordo com a adoção. O CCZ fica na Rua Justino Paixão, 141, Bairro Mauá.

Além das novidades anunciadas, a Prefeitura está criando Espaços Pet em dez praças da cidade, dentro do Programa Praça da Família.

Comente aqui