Data: 17/06/2019 13:25 / Autor: Mark Ribeiro / Fonte: PMSCS

Agentes da Prefeitura mobilizam São Caetano no Comando Contra a Dengue

A Prefeitura de São Caetano do Sul iniciou no sábado (15/6) o Comando Contra a Dengue


Agentes da Prefeitura mobilizam São Caetano no Comando Contra a Dengue
Agentes da Prefeitura mobilizam São Caetano no Comando Contra a Dengue

Crédito: Gilson Cirino dos Santos / PMSCS

Cerca de 200 voluntários, entre funcionários da Administração Municipal e atiradores do Tiro de Guerra 02-069, saíram às ruas dos bairros Boa Vista, Santa Maria, Oswaldo Cruz e Olímpico para orientar a população e eliminar possíveis criadouros do Aedes aegypti. A ação será realizada gradativamente em toda a cidade.

Foram visitados 2.220 imóveis, sendo que os agentes puderam entrar em 1.224 (822 estavam fechados e 63 desocupados, além de 111 recusas). O trabalho resultou na eliminação de 87 possíveis criadouros, sendo que em 12 imóveis foram encontradas e eliminadas larvas do mosquito.

Segundo o Ministério da Saúde, os casos de dengue no País cresceram cerca de 500% em 2019. Alguns estados registram epidemia localizada da doença, incluindo São Paulo (principalmente no interior). A alta preocupa especialistas, que alertam para a possibilidade de as notificações se aproximarem do recorde de 2015, quando foram registrados mais de 1,6 milhão de casos da doença – 62% na Região Sudeste.

Em São Caetano, de janeiro a maio deste ano, foram registradas 123 notificações, sendo que 67 aguardam resultado do laboratório e 35 foram descartadas para dengue. Dos casos confirmados, 16 são importados e cinco autóctones (quando a transmissão ocorre no próprio município). No mesmo período de 2018, foram 38 notificações, sendo 29 descartadas. Todos os nove casos confirmados eram importados.

O pessoal que formou a corrente da Prefeitura recebeu treinamento especializado e fez a distribuição de material informativo, com orientações sobre como combater a proliferação do Aedes aegypti e eliminar a água parada. Além da dengue, o mosquito transmite outras doenças, como zika e chikungunya.

Algumas dicas são tampar tonéis e caixas d’água; preencher pratos de vasos de plantas com areia; manter as calhas sempre limpas; deixar garrafas sempre viradas com a boca para baixo; manter lixeiras bem tampadas; deixar ralos limpos e com aplicação de tela; limpar os potes de água para animais com bucha; retirar a água acumulada atrás da máquina de lavar roupa; cobrir piscinas; e deixar lonas usadas para cobrir objetos bem esticadas.

Confira o calendário dos próximos mutirões em São Caetano (sempre das 9h às 12h). Para garantir a eficiência da ação, é fundamental que os moradores autorizem a entrada dos agentes – todos são identificados.

29/6 - Mauá, Jardim São Caetano, Nova Gerty e São José;

13/7 - Santa Paula, Santo Antônio, Centro e Cerâmica;

27/7 - Prosperidade, Fundação e Barcelona.

Comente aqui