Data: 07/07/2016 09:39 / Autor: Mark Ribeiro / Fonte: PMSCS

Em 2017, Hospital contratará 1500 funcionários

Obras do Hospital São Luiz em São Caetano avançam para a fase de instalações elétricas, hidráulica e climatização, além do acabamento interno. Munícipes terão oportunidades de trabalho


Imagem ilustrativa da unidade de São Caetano do Hospital São Luiz
Imagem ilustrativa da unidade de São Caetano do Hospital São Luiz

Crédito: Rede D’Or

São Caetano do Sul ganhará em breve um dos hospitais mais modernos do Brasil, projetado para ser referência em atendimentos de média e alta complexidades no Grande ABC. Esta é a unidade do Hospital São Luiz na cidade, anexa ao Espaço Cerâmica. Na sexta-feira (1/7), o prefeito Paulo Pinheiro e representantes da Rede D’Or, maior operadora independente de hospitais do País, visitaram as obras, que avançam para a fase final.

O ritmo acelerado das intervenções se deve à lei de incentivos fiscais do governo municipal. A obra, que teve a pedra fundamental lançada em março de 2011, ficou parada durante a gestão passada, sendo retomada após articulação de Paulo Pinheiro com a direção da Rede D’Or. Desta forma, a cidade continua crescendo, apesar do momento de crise econômica do Brasil.

“Fizemos a nossa parte para destravar a obra e impulsionar mais rapidamente a Saúde e o Desenvolvimento Econômico de São Caetano. Estamos estimulando a geração de empregos. Com isso, os munícipes terão oportunidades de trabalho na cidade. Isso é mais qualidade de vida. O comércio e os serviços locais também ganharão força para atender a população que circulará diariamente no hospital”, observa Paulo Pinheiro.

Projetada para realizar 20 mil atendimentos e mil cirurgias por mês, a unidade possui 20 mil metros quadrados de área construída, 12 andares e dois subsolos, que irão abrigar 295 leitos, entre eles UTI (Unidade de Terapia Intensiva), maternidade, hospital geral, além de prontos-socorros adulto e infantil, e centros operatórios.

As obras estão na fase de instalações elétricas, hidráulica e de aparelhos de ar-condicionado, além do acabamento interno. A expectativa é a de a parte estrutural seja finalizada até dezembro. O início do funcionamento está previsto para meados de 2017, após a chegada dos equipamentos e mobiliário, e a contratação dos 1.500 funcionários – moradores de São Caetano terão prioridade às vagas.

“Nossa meta é a de que o Hospital São Luiz seja referência no ABC. A população de São Caetano que usa o convênio médico também não precisará ir para São Paulo para ser atendida”, ressalta o diretor-médico da Rede D’Or, Luiz Della Negra – a rede pública municipal de Saúde já é referência na região.

Prefeito acompanhou as intervenções com representantes da Rede D’Or e vereadores
Prefeito acompanhou as intervenções com representantes da Rede D’Or e vereadores

Crédito: Eric Romero/PMSCS

Comente aqui