Data: 21/09/2021 21:23 / Autor: Redação / Fonte: Assessoria

“Sr. Poe” será lançado em São Caetano

O filme de curta metragem narra de forma livre e alegórica a história do escritor Edgar Allan Poe a partir do seu leito de morte.


Diaulas Ullysses interpreta Sr. Poe
Diaulas Ullysses interpreta Sr. Poe

Crédito: Divulgação

O curta-metragem “Sr. Poe”, dirigido pelo dramaturgo, roteirista e diretor Ivan Augusto será lançado oficialmente dia 24 de setembro, às 19h30, na Estação Cultura, Rua Serafim Constantino, S/N° (Piso Superior do Terminal Rodoviário) em São Caetano. O filme narra de forma livre e alegórica a história do escritor e poeta norte-americano Edgar Allan Poe em seu leito de morte.

Em apenas 15 minutos, o curta mostra que Edgar Allan Poe foi um homem que combateu o mal e também se consumiu nos vícios, afinal, nunca teve a chance de ser ele mesmo nem de desfrutar de um amor eterno e presente. A sua existência foi marcada por anjos e demônios e uma sucessão de tragédias pessoais. A história cruza personagens reais e outras imaginárias, mostrando a importância de uma pessoa que conseguiu ultrapassar o seu tempo, quebrar tabus e mergulhar no universo do sobrenatural de forma familiar e constante, mas para isso foi necessário mergulhar nos seus piores pesadelos e provar na carne as tempestades impostas pela vida.

Para os amantes da literatura, filme de terror e cinéfilos, o “Sr.Poe” é uma releitura que expõe peculiarmente as angústias e vai profundamente ao âmago do escritor, considerado o inventor do gênero “ficção policial”. A narrativa da história é atemporal e traz várias referências atuais incluídas, mostrando sua contemporaneidade.

O curta-metragem faz parte de um projeto chamado Trilogia da Fatalidade, do diretor Ivan Augusto. Os filmes anteriores Ricardo Anzu e Rocket Man são parte de uma história real repleta de viradas que não estavam programadas e conduz a personagem central a mergulhar em um inferno pessoal e indivisível.

Obra cinematográfica, “Sr.Poe” é um projeto premiado no Edital EXPRESO LEI ALDIR BLANC, Lei de Incentivo à Cultura do  Governo Federal, no concurso “Prêmio por Histórico de Realização de Curtas-Metragens e Séries”.

Sobre o diretor
Ivan Augusto - (Dramaturgo, Roteirista e Diretor)
Bacharel em Administração de Empresas (Faculdades Senador Fláquer), Pós-graduado em Artes Cênicas (Universidade São Judas-SP.). Diretor, Ator, Dramaturgo, Roteirista e Editor. No teatro eu dirigi e escrevi alguns textos, além de ocupar outras funções (Light Designer, Trilha Sonora e Cenografia). Fui um dos fundadores da companhia Fuzuê de Baco e do Teatro da Papisa. Vídeo Clipe: Solidade - Chico Alves - Direção / O Tempo - Tobacco Teixeira - Direção / Ao vivo & In Cores - Douglas Bahrem – Direção / Seriado: O último solteirão de Cátia Fontinelli (Ator) / A nossa vida é uma comédia (Direção e roteiro) /Agente JC: Mistério (Direção) / Curta-metragem: Senhor Poe – Roteiro e Direção (Pré-produção) /O Isolamento (Ator e Direção) / Ricardo Anzu (Direção e roteiro) / A Casa 50 (Edição) / Apenas Lembrança (Edição) / O Terrorista (Ator) Irmãos (Diretor) / Média-metragem: Caffè con cinema e Canella de clery Cunha (Ator e produtor) / Rocket Man (Direção e roteiro) / Longa metragem: Sete Cidades e Uma Vila Inglesa produção executiva Diomédio Piskator e Diaulas Ullysses (Ator) e Vidas em perigo de Edvaldo Holanda (Ator).

Elenco 
Diaulas Ullyses
  (Sr. Poe)
Dimy (Auguste Dupin)
Marcella Romanov (Marie)
Amanda Barros (Raven)
Lili Colonnese (Berenice)
Javier Acuña (Bufão)
Maria Rocha (Fantasma)

Equipe
Roteiro e direção – Ivan Augusto
Direção de arte – Cida Torlai
Direção de Fotografia – Beto Perocini
Som direto – Rubens Nê Viana
Produção – Alcilene Evangelista
Figurinos: Cida Torlai e F. Kokocht
Maquiagem – Alessandra Prates
Still – Marcelo Pimenta
Mágicas cênicas – Dimy

Comente aqui