Data: 04/07/2022 16:50 / Autor: Redação / Fonte: PMSBC

Scania reforça investimentos e firma parceria com Prefeitura de São Bernardo

Prefeito Orlando Morando participou nesta segunda-feira (4/7) de evento que registrou 65 anos de presença da multinacional sueca no Brasil


Scania reforça investimentos e firma parceria com Prefeitura de São Bernardo
Scania reforça investimentos e firma parceria com Prefeitura de São Bernardo

Crédito: Gabriel Inamine/PMSBC

Multinacional sueca com atuação marcante em São Bernardo, a Scania celebra 65 anos de presença no Brasil, sendo quase 60 deles na cidade. Em evento comemorativo nesta segunda-feira (4/07) na fábrica localizada na Avenida José Odorizzi com participação do prefeito Orlando Morando, a empresa reforçou pacote de investimentos da ordem de R$ 1,4 bilhão (ciclo programado até 2024), além de firmar parceria com a Prefeitura para cessão de água de reuso ao município. 

O valor expressivo de investimentos da Scania representa volume majoritariamente a ser concretizado na planta de São Bernardo – atualmente com 4.800 colaboradores -, a exemplo no novo centro de pesquisa e desenvolvimento, bem como a ampliação da fábrica de motores – os dois locais foram visitados pelo chefe do Executivo municipal, acompanhado de parte do secretariado e da cúpula da multinacional, incluindo o CEO e presidente da empresa na América Latina, Christopher Podgorski. 

Satisfação enorme estar prefeito nesta data especial para a Scania e para São Bernardo. A história da empresa, de grande importância na indústria, se mistura com a da cidade. O anúncio de investimento neste volume mostra a certeza da estabilidade da multinacional no município, ficando claro também o compromisso com a futuro e a sustentabilidade”, pontuou o prefeito Orlando Morando. “Quanto ao caso da água de reuso, podemos utilizar para irrigação de parques e jardins dos nossos espaços verdes”, emendou.  

No encontro, a Scania reiterou as ações de descarbonização e uso eficiente de recursos naturais na fábrica, que comercializa caminhões, chassi de ônibus e motores industriais e marítimos para mais de 100 países. Entre as iniciativas lançadas neste ano, a empresa destaca a instalação da Estação de Tratamento de Efluentes (ETE), investimento que vai permitir que quase a totalidade do processo produtivo da planta seja abastecido com água reaproveitada e que o excedente do produto seja cedido para a cidade – 85% para utilização da fabricante e 15% para reuso da Prefeitura. 

Diretor de Relações Institucionais da Scania, Gustavo Bonini afirmou que reduzir o impacto ao meio ambiente é uma questão de responsabilidade social, algo apontado como parte dos valores da Scania. “Com a implantação da ETE, conseguimos tratar de maneira mais eficiente a questão da água, bem como dar destino nobre para o excedente por meio do anúncio do protocolo de intenções para viabilizar a cessão da água ao município. É um momento em que queremos dar visibilidade para nossos propósitos e, principalmente, orgulho de estarmos no Brasil, São Paulo e São Bernardo.” 

IMPACTO AMBIENTAL – A fabricante sueca incluiu em seus planos jornada em direção a um ecossistema de transporte e logística mais sustentável. O investimento na planta passa pela atualização e modernização do parque industrial. Para Podgorski, será necessário incorporar todas as tecnologias existentes para fazer frente à meta zero carbono. “A demanda de energia gerada por caminhões e ônibus precisará ser atendida por um mix de tecnologias já desenvolvidas ou em desenvolvimento. Fazer essa transformação é tarefa desafiadora. Será uma transição, que começa a tomar corpo. O futuro é possível ser de carbono neutro. Estamos há cinco anos nesta jornada pela mudança para um sistema de transporte e logística sustentável.”

Comente aqui