Data: 30/06/2016 15:34 / Autor: Vladimir Ribeiro / Fonte: PMSBC

São Bernardo lança programa Hípica Sustentável

Ação visa avaliar e propor melhorias nas hípicas do município


Centro Hípico Capi, situado no bairro Royal Parque em São Bernardo do Campo
Centro Hípico Capi, situado no bairro Royal Parque em São Bernardo do Campo

Com o objetivo de avaliar a qualidade ambiental e propor melhorias nas hípicas do município, a Prefeitura de São Bernardo, por meio da Secretaria de Gestão Ambiental, lança o programa Hípica Sustentável nesta quarta-feira (29). Participam da iniciativa seis estabelecimentos que desenvolvem equitação como esporte e lazer.

Dentre os critérios que serão avaliados no programa estão qualidade ambiental e preservação dos recursos naturais dos estabelecimentos, como manejo das áreas livres e de treinamento, área vegetada, cuidados com o solo, saneamento, manejo dos resíduos dos animais e do que é gerado no local, organização e limpeza, cuidados quanto ao bem estar dos animais, questões relacionadas ao empreendedorismo, entre outros fatores.

Com o programa, a Prefeitura pretende implantar mais uma ação para fomentar atividades comerciais e de ecoturismo compatíveis com as áreas de proteção e recuperação de mananciais do município e com o uso racional dos recursos naturais, como é o caso das rotas ecoturísticas - como Rota do Sal e Caminhos do Capivari -, do programa Pesqueiro Sustentável e dos monitores de ecoturismo.

A diretora do departamento de Gestão Ambiental da cidade, Gabriela Priolli, destacou que a ação, que envolve empreendedores e poder público, irá promover avanços no desenvolvimento das atividades das hípicas. “Todas as ações do programa levarão em consideração os três pilares da sustentabilidade: proteção ambiental, desenvolvimento social e crescimento econômico. Com isso vamos demonstrar o potencial que o município já possui em atividades ecoturísticas, em áreas naturais ou ao ar livre”, destacou.

Gabriela disse, ainda, que a ideia é criar um selo de qualidade ambiental das hípicas e uma rota no município com os parceiros do programa que cumprirem com os critérios socioambientais. “Temos uma experiência bem sucedida com os pesqueiros do município e, agora, vamos estender para as hípicas, divulgando a rota dos estabelecimentos do município", afirmou.

Comente aqui