Data: 31/05/2019 13:52 / Autor: Vivian Rossi / Fonte: PMSBC

São Bernardo investe em prevenção e combate ao tabagismo

Programa é oferecido nas 34 UBSs do município gratuitamente para os pacientes que desejam largar o cigarro, 1° seminário sobre o tema foi realizado no Teatro Inezita Barroso


Prefeitura de São Bernardo investe em prevenção e combate ao tabagismo
Prefeitura de São Bernardo investe em prevenção e combate ao tabagismo

Crédito: Gabriel Inamine/PMSBC

Em comemoração ao Dia Mundial Sem Tabaco, celebrado no dia 31 de maio, a Prefeitura de São Bernardo reforçou sua ação itinerante que disponibiliza, de forma gratuita, tratamento para todos os pacientes que desejam diminuir ou parar de fumar, nas 34 Unidades Básicas de Saúde do município.

Por meio do Programa de “Prevenção e Controle ao Tabagismo”, a Prefeitura tem obtido importantes avanços. Nos últimos dois anos, mais de 3.500 pacientes foram assistidos.

O problema crônico mundial, que acomete 5 milhões de pessoas por ano, foi reforçado em São Bernardo com a realização do 1° Seminário de Promoção e Controle ao Tabagismo, na última quinta-feira (30/05), no Teatro Inezita Barroso.

Cerca de 500 pessoas, entre médicos, psicólogos, enfermeiros, dentistas, agentes comunitários, enfermeiros, técnicos em enfermagem, entre outros profissionais da área da Saúde, participaram do evento de capacitação, orientação, palestras e oficinas sobre o tema. Além de convidados, que atualmente participam do programa antifumo oferecido pela Administração, ou que já participaram.

De acordo com o secretário de Saúde, Dr.Geraldo Reple Sobrinho, sempre vale a pena parar de fumar. “Os benefícios para quem deixa de fumar são inúmeros e são percebidos nas primeiras horas, nos primeiros dias. O mais importante é dar o primeiro passo e procurar a orientação adequada para o sucesso do tratamento”, declarou.

Com o Programa nas UBSs, que tem duração de 12 semanas e encontros semanais em grupo de uma hora e trinta minutos, 2.278 pessoas deixaram de fumar. Todos os pacientes são acompanhados por uma equipe multidisciplinar de médicos, enfermeiros, dentistas, psicólogos, entre outros.

“Os números são muito positivos e demonstram o esforço de toda a nossa equipe, não só da Saúde, mas de toda a Administração em manter um serviço de qualidade em nossas unidades, com ênfase em programas de prevenção de doenças”,  avaliou o prefeito Orlando Morando.

A paciente Maria Sueli Bachega sabia que precisava de ajuda e procurou a UBS Vila Marchi. “Eu já tinha tentado parar de fumar outras vezes, mas não tinha conseguido. Comprava os remédios na farmácia, me automedicava, passava mal e desistia.

O grupo foi fundamental neste processo, pelo apoio psicológico e principalmente pelas orientações corretas que recebemos”, relatou a moradora que está há 7 meses sem fumar.

No tratamento, a Administração oferece todo acompanhamento e os medicamentos necessários para a diminuição do consumo do tabaco e a sua cessação. “O indivíduo que decide parar de fumar está prevenindo não apenas o câncer, mas uma série de outras doenças, que são agravadas pelos malefícios do cigarro”, completou Dr. Geraldo.

Para participar do Programa de “Prevenção e Combate ao Tabagismo” o paciente deve se dirigir a UBS mais próxima da sua residência e solicitar pela inscrição.

Comente aqui