Data: 11/11/2019 15:17 / Autor: Vivian Rossi / Fonte: PMSBC

São Bernardo implanta ponto eletrônico facial nos equipamentos de Saúde

Sistema foi adotado para modernizar gestão e fiscalizar frequência de médicos e demais funcionários das unidades municipais


Prefeitura de São Bernardo implanta ponto eletrônico facial nos equipamentos de Saúde
Prefeitura de São Bernardo implanta ponto eletrônico facial nos equipamentos de Saúde

Crédito: Ricardo Cassin/PMSBC

A Prefeitura de São Bernardo implantou, no último dia 1º, o novo Sistema de Controle de Ponto por Reconhecimento Facial nas unidades de Saúde. O objetivo é modernizar a gestão e ampliar a fiscalização da frequência de todos os funcionários terceirizados pela Fundação do ABC (FUABC), entre médicos, enfermeiros, auxiliares técnicos e demais colaboradores. O procedimento permite os registros de ponto, em tempo real, garantindo controle efetivo e transparente sobre horários e presenças dos funcionários.

Para o prefeito Orlando Morando, a medida está alinhada às diretrizes previstas em seu plano de governo, com implantação de tecnologia de informação nas unidades. “Prezamos pela transparência e pela boa Administração. Estamos implantando o que há de mais eficaz no mercado de Recursos Humanos, nos adequando ao que exige o Ministério Público (MP) e Tribunal de Contas do Estado (TCE)”, avaliou o chefe do Executivo.

O investimento para a implantação do sistema é de aproximadamente R$ 15 mil por mês. O mecanismo foi testado por um mês e, atualmente, está em vigor em todas as Unidades de Pronto-Atendimento (UPA) e para os demais funcionários do Departamento de Urgência e Emergência. Até o final do ano, os 4.420 terceirizados da FUABC, que trabalham nas 103 unidades de Saúde de São Bernardo, incluindo as UBSs, estarão inseridos no novo sistema.

“Nosso objetivo é garantir que os trabalhadores cumpram suas jornadas, com o registro correto de suas atividades e horários. Isso garante também seus diretos e deveres. A população, por sua vez, passa a ter mais um instrumento a seu favor, da fiscalização dos serviços de Saúde”, explicou o secretário de Saúde, Dr. Geraldo Reple.

COMPLEXO - Os demais colaboradores da Saúde, contratados para o Complexo Hospital da São Bernardo – que engloba o Hospital Pronto-Socorro Central (HPSC), Hospital de Clínicas (HC), Hospital Municipal Universitário (HMU) e Hospital Anchieta – já utilizam sistema semelhante de controle eletrônico de frequência.

COMO FUNCIONA – Por meio de um terminal de computador com câmera fotográfica ou um tablet, o funcionário se aproxima, efetua seu login e senha, registra sua foto e o seu ponto eletrônico. “Todo esse processo não demora mais do que vinte segundos. Outra vantagem do sistema é a confiabilidade e a segurança nos dados apresentados em relatórios gerados, uma vez que permite também a localização geográfica dos funcionários, confirmando que estão, de fato, na unidade de saúde conforme jornada contratada”, completou Morando.

Crédito: Gabriel Inamine

Comente aqui