Data: 05/07/2022 13:24 / Autor: Redação / Fonte: PMSBC

São Bernardo é escolhida para sediar Festival Paralímpico 2022

Comitê brasileiro confirmou cidade na lista de selecionadas para promover nova edição do evento, em setembro


Comitê brasileiro confirmou cidade na lista de selecionadas para promover nova edição do evento, em setembro
Comitê brasileiro confirmou cidade na lista de selecionadas para promover nova edição do evento, em setembro

Crédito: Gabriel Inamine

Com políticas afirmativas de sucesso implementadas no âmbito do esporte local, São Bernardo está entre as cidades selecionadas para sediar o Festival Paralímpico de 2022. A confirmação foi dada pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), que anunciou os municípios que irão recepcionar a nova edição do evento, marcado para o dia 24 de setembro. A meta para esse ano é atender 14 mil participantes em atividades esportivas lúdicas ligadas às modalidades paralímpicas.

Essa edição do festival, um dos mais importantes no segmento, vai transcorrer das 8h às 12h, em todas as regiões do País – na cidade, a competição ocorrerá nas dependências da Arena Olímpica de São Bernardo. O evento tem a finalidade de proporcionar a crianças e jovens, de 8 a 17 anos, com deficiência ou sem deficiência (até 20%), a experiência de participar de modalidades paraolímpicas e difundir o movimento na esfera nacional. Entre as modalidades envolvidas há vôlei sentado, bocha e atletismo.

O festival contará com atividades em 98 núcleos – a média seria, portanto, de 150 pessoas participantes por unidade, com abertura de inscrições prévias. Na lista de contempladas, o comitê escolheu 76 cidades, sendo 17 delas capitais. Destas sedes definidas, 14 ficam no Estado de São Paulo, incluindo, além de São Bernardo, Campinas, Guarulhos, São José do Rio Preto, Bauru, Presidente Prudente, Itapetininga e Barretos.

“É um momento importante para São Bernardo, que voltou a ganhar destaque como referência no esporte e inclusão social. O evento promove justamente a interação, convivência e sociabilização. Com a realização do evento, podemos demonstrar, assim, que não existem limitações no esporte. O esporte tem poder de mudar vidas e transformar a realidade das pessoas. Essa é a proposta que acreditamos e colocamos em prática”, sustentou o secretário municipal de Esportes e Lazer de São Bernardo, Alex Mognon.

A primeira edição do festival se deu em 2018, concretizada em 48 municípios com a participação de mais de 7.000 crianças. Em 2019, o evento teve 70 sedes e atendeu mais de 10 mil pessoas. A edição de 2020, por sua vez, foi cancelada devido à pandemia de Covid-19. No ano passado, a iniciativa reuniu 8.000 participantes em 70 cidades espalhadas pelo Brasil.

HISTÓRICO - O evento acontece em setembro por causa da celebração ao Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência (21) e ao Dia Nacional do Atleta Paralímpico (22). Somente em 2021, por outro lado, que o festival foi adiado devido ao cenário de crise no período e realizado em 4 de dezembro para acompanhar o Dia Internacional de Luta das Pessoas com Deficiência, celebrado em 3 de dezembro.

Comente aqui