Data: 04/04/2013 17:03 / Autor: Ana Lucia Almeida / Fonte: PMSBC

Ronda Cidadã de SBC intensifica prevenção e aproxima GCM dos moradores

A cada semana, viaturas da GCM percorrem as ruas de um bairro específico; objetivo é a redução dos índices de criminalidade


GCMs fazem ronda em diversos locais
GCMs fazem ronda em diversos locais

Crédito: Divulgação

 

A Guarda Civil Municipal (GCM) de São Bernardo do Campo está cada vez mais próxima da população. Por meio do programa Ronda Cidadã, coordenado pela Secretaria de Segurança Urbana, equipes da Guarda se dividem para atender, a cada semana, uma região ou bairro estrategicamente selecionado. O resultado tem sido o aumento da sensação de segurança e o estreitamento do vínculo entre a GCM e a comunidade local, o que contribui para a melhoria da qualidade do trabalho de prevenção à criminalidade.

Segundo o coordenador do programa, inspetor Pires, a região a ser beneficiada é escolhida tendo como base os dados do Sistema de Informações Criminais (Infocrim), da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo. "Por meio dessas informações, podemos selecionar para atuar naquelas localidades que apresentam maior número de crimes, onde a presença de uma ação preventiva é mais necessária", explica.

Ainda de acordo com ele, esse trabalho é realizado de forma integrada com as polícias civil e militar. "Quando suspeitamos de algum crime, acionamos a Polícia Militar. Além disso, a GCM comunica a delegacia correspondente à região que será atendida na semana", explica.

No total, são 60 GCMs à disposição do programa. Além das rondas ostensivas realizadas por meio de 18 viaturas, sendo dez carros e oito motos, os guardas municipais procuram conversar com moradores e comerciantes, que apontam os locais mais críticos e principais problemas do bairro.

Atuação – Nesta semana, o programa atuou na região do Bairro Alves Dias e Parque dos Pássaros, que apresenta maior incidência de roubo a pedestres e furtos a residências, segundo dados do Infocrim.

Segundo o GCM de 2ª Classe Celso, as comunidades têm aceitado muito bem a atuação da Ronda Cidadã nos bairros. "O morador se sente mais seguro quando vê as viaturas nas ruas, principalmente porque só a presença da guarda já inibe a atuação dos criminosos", afirma.

Para a auditora de sistemas Edilaine Coelho, que atualmente mora na Inglaterra e veio à cidade visitar a família, a presença da Guarda aumenta a sensação de segurança dos moradores. "É um reforço a mais, as pessoas se sentem mais à vontade para sair às ruas e até para aproveitar o momento de lazer com os filhos", diz.

O Ronda Cidadã foi lançado em 2009 e, desde então, passou por algumas mudanças. Em janeiro deste ano, o programa foi reformulado, passando a concentrar o efetivo em uma região por sete dias com a finalidade de reduzir os índices de criminalidade. Desde o início do ano, o Ronda Cidadã já percorreu dez bairros. A próxima região a ser atendida será a que engloba o Bairro Batistini e o Jardim Represa.

Guardas conversam com moradores
Guardas conversam com moradores

Crédito: Divulgação

Comente aqui