Data: 17/12/2020 21:04 / Autor: Redação / Fonte: PMSBC

Prefeitura de São Bernardo e Sabesp avançam em programa de melhorias de infraestrutura

Planejamento da companhia estadual para o município visa aprimoramento dos serviços prestados para a população em 2021


Crédito: Omar Matsumoto/PMSBC

A Prefeitura de São Bernardo e a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) avançam na execução de programa de melhorias dos serviços de saneamento municipal. As ações essenciais programadas para 2021 por parte da companhia estadual preveem maior rigor nos indicadores que compõem a contratação, bem como melhora significativa nos serviços prestados para a população.

Conforme editais publicados pela Sabesp, o planejamento para o próximo ano inclui desde atendimento ampliado das práticas nas recomposições asfálticas necessárias e dos serviços de correção das redes de água e esgoto, além da inclusão de redes por métodos não destrutivos, o que elimina a necessidade de valas a céu aberto em locais de grandes fluxos, sem prejuízos ao trânsito e à circulação de pedestres.

“São Bernardo vê com boas expectativas as ações da Sabesp com a contratação dos serviços essenciais anunciada para o próximo ano. Essa parceria de longa data entre a Prefeitura e a Sabesp vem promovendo melhorias importantes para a cidade e, principalmente, conferindo maior qualidade de vida à nossa população, que é o nosso principal objetivo”, destaca o prefeito Orlando Morando.

PARCERIA – O contrato entre a Sabesp e a Prefeitura de São Bernardo foi renovado em 2019. A parceria prevê investimentos de R$ 1,746 bilhão da companhia no município no período de 40 anos. Serão R$ 600 milhões destinados ao abastecimento de água e outros R$ 867 milhões para coleta e tratamento de esgoto, além de R$ 278 milhões em bens de uso geral e renovação de ativos.

Dos investimentos previstos, destaque para o Pró-Billings, que vai reduzir em 700 metros cúbicos o volume de materiais despejados mensalmente na Represa Billings, permitindo a coleta e o tratamento de 100% do esgoto produzido no Grande Alvarenga, beneficiando população de mais de 250 mil pessoas.


Comente aqui