Data: 10/07/2020 20:34 / Autor: Natália Fernandes / Fonte: Secom/PMSBC

Prefeitura de São Bernardo autoriza reabertura de parques nesta quarta-feira

Flexibilização, prevista na Fase Amarela do Plano São Paulo, será acompanhada de reforço dos protocolos sanitários para evitar a proliferação da Covid-19


Crédito: Gabriel Inamine/PMSBC

A Prefeitura de São Bernardo autorizará a reabertura de cinco parques e uma praça a partir desta quarta-feira (15/07), dentro do processo de flexibilização econômica previsto na Fase Amarela do Plano São Paulo, do Governo do Estado. O prefeito Orlando Morando determinou a publicação de decreto que estabelece as regras sanitárias de funcionamento dos equipamentos públicos municipais contemplados neste sábado (11/07).

Neste primeiro momento, poderão funcionar o Parque Municipal Engenheiro Salvador Arena, no Rudge Ramos, o Parque Municipal Cidade de São Bernardo - Raphael Lazzuri, na Vila Tereza, o Parque Municipal Chácara Silvestre, no Nova Petrópolis, o Parque dos Ipês, na Região do Alvarenga, o Parque das Bicicletas, no Centro, e a Praça Lauro Gomes, também no Centro. Com exceção da Chácara Silvestre, que estará aberta à população no horário das 6h às 18h, os demais equipamentos funcionarão de segunda a segunda-feira, das 6h às 22h.

“Estamos trabalhando para um retorno gradativo e responsável das atividades para nossa população e isso só é possível graças ao nosso esforço contínuo e investimento na saúde e enfrentamento ao Coronavírus. O novo normal é possível, desde que todo mundo colabore, siga as regras e os protocolos sanitários”, destaca o prefeito Orlando Morando. O chefe do Executivo observou ainda que, por enquanto, não poderão abrir o Parque da Juventude Città Di Maróstica, a Cidade da Criança, no Jardim do Mar, o Parque Natural Municipal Estoril, além das Arenas e Praças-Parques.

REGRAS - Os locais deverão reabrir com capacidade reduzida em até 40% da sua capacidade máxima declarada no Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB). Os frequentadores com idade a partir de 2 anos de idade deverão utilizar máscaras e será realizada aferição de temperatura de todos os colaboradores e visitantes por meio de termômetro digital infravermelho (de testa) na entrada dos locais.

Não será permitida a reabertura de áreas infantis como parquinhos (playgrounds), dos campos e das quadras poliesportivas nos parques e praça municipais que tenham esses equipamentos em suas dependências. Também não será permitida a utilização de bebedouros a fim de evitar focos de contaminação da Covid-19.

Restaurantes, bares e lanchonetes de permissionários localizados nas dependências dos parques municipais poderão ser reabertos dentro dos parâmetros estabelecidos para a Fase Amarela no Plano SP e no decreto municipal nº 21.197 de 22 de março de 2020.

Os funcionários diretos e terceirizados dos parques passarão por treinamento para revisar as novas diretrizes e procedimentos de trabalho. Além disso, os locais deverão contar com comunicação eficaz e acessível a todos os funcionários e frequentadores contendo orientações preventivas a serem adotadas nos ambientes de trabalho, nos locais públicos e no convívio familiar e social sobre protocolos de prevenção do Coronavírus.

A reabertura segue definição regional sobre o tema deliberada em assembleia extraordinária do Consórcio Intermunicipal Grande ABC realizada nesta sexta-feira (10/7) entre os sete prefeitos. Cada município publicará decreto próprio, determinando datas e horários de funcionamento dos equipamentos públicos, conforme as diretrizes do Governo do Estado.

LIMPEZA – Antes da reabertura, os parques municipais e a Praça Lauro Gomes passarão pelo programa de sanitização da Prefeitura, com limpeza e higiene de todos os seus equipamentos. Também será intensificada a limpeza de banheiros.

Será disponibilizada solução em álcool gel 70º, preferencialmente em forma de display tipo pedaleira aos funcionários e frequentadores em locais visíveis na entrada e em pontos estratégicos, comuns de livre circulação.

Comente aqui