Data: 22/10/2021 19:36 / Autor: Redação / Fonte: Prefeitura de São Bernardo do Campo

Prefeito Orlando Morando anuncia retomada das cirurgias eletivas em São Bernardo

Expectativa é realizar média de 20 procedimentos não urgentes por dia na rede municipal de Saúde; ação é possível graças ao avanço das políticas de combate à Covid-19


Crédito: Ricardo Cassin / PMSBC

Em visita ao Hospital de Clínicas (HC), no bairro dos Alvarenga, o prefeito Orlando Morando anunciou, na tarde desta sexta-feira (22/10), a retomada das cirurgias eletivas (não urgentes) na rede de Saúde municipal de São Bernardo. Com a medida, possível graças ao avanço da vacinação contra a Covid-19 e redução dos casos e internações causadas pela doença na cidade, a expectativa é que sejam realizados entre 600 e 700 procedimentos não urgentes por mês, média de 20 operações por dia.

“O Hospital de Clínicas cumpriu papel fundamental durante a pandemia, atendendo os primeiros casos de vítimas do Coronavírus. Com o avanço da vacinação e a consequente queda das internações, conseguimos reorganizar nossos leitos hospitalares, concentrar os casos de Covid-19 no Hospital Anchieta e proporcionar a retomada destes atendimentos eletivos que, embora não sejam urgentes, também são muito importantes para a saúde da nossa população”, explica o prefeito Orlando Morando.

Secretário de Saúde de São Bernardo, Dr. Geraldo Reple Sobrinho destaca que a realização das cirurgias não foi completamente suspensa durante a pandemia, já que os procedimentos oncológicos, cardíacos infantis e de urgência foram feitos normalmente. “As cirurgias foram realizadas de acordo com a demanda e oferta de leitos durante a pandemia, já que nossa prioridade de atendimento foram os casos graves. A partir de agora, nosso centro cirúrgico volta a operar com 100% da capacidade para que possamos atender o quanto antes todos os que aguardam pelo seu procedimento”, diz.

Conforme o diretor do Hospital de Clínicas, Dr. Adilson Casemiro Pires os pacientes que aguardam por cirurgias eletivas estão sendo contatados pelas equipes da Saúde, avaliados e triados de acordo com alguns critérios, entre eles, tempo de espera pelo procedimento, gravidade clínica do caso e diagnóstico de maior prevalência no município. “De forma gradativa e organizada, estamos retomando nossa rotina de atendimentos anterior à pandemia para a população”, ressalta.

Comente aqui