Data: 20/06/2019 11:44 / Autor: Kati Dias / Fonte: PMSBC

Plano de reforma nas escolas municipais chega à unidade do Parque Selecta

Prefeito Orlando Morando autorizou o serviço de manutenção na EMEB Edson Danillo Dotto; 45 escolas municipais serão atendidas até o fim de 2019


Crédito: Ricardo Cassin/PMSBC

O plano de reformas nas escolas municipais chegou, na manhã desta quarta-feira (19/06), à EMEB Edson Danillo Dotto, no Parque Selecta. O prefeito de São Bernardo, Orlando Morando, autorizou o serviço de manutenção na unidade escolar, inaugurada em 2000 e que conta com cerca de 850 alunos, e que havia ficado sem qualquer tipo de reparos durante a administração anterior. Além do chefe do Executivo, o ato contou com a presença do vice-prefeito e secretário de Serviços Urbanos, Marcelo Lima, da secretária de Educação, Sílvia Donnini, lideranças, profissionais da Educação, pais e alunos.

 “Mesmo em um período de crise econômica prolongado, que estamos vivendo agora, conseguimos colocar as contas da Prefeitura em ordem. Posteriormente, demos andamento às obras que estavam paralisadas em toda a cidade, assim como executar o plano de revitalização nas escolas municipais. Priorizamos as unidades que mais precisam de reparos. Iniciamos as intervenções no segundo semestre de 2018 com 15 escolas em 2018. E mais 30 serão atendidas até o fim deste ano”, afirmou o prefeito Orlando Morando.

A EMEB Edson Danillo Dotto receberá as seguintes intervenções: revisão nos telhados da quadra, da biblioteca e das instalações elétricas, impermeabilização das calhas, com investimento de R$ 148,2 mil. Também haverá toda pintura interna com recursos do projeto Escola Linda, no qual a Prefeitura de São Bernardo investiu R$ 17,3 milhões em zeladoria, manutenção e conservação das 182 escolas municipais em 2019.  Os repasses feitos pela iniciativa criada pela atual Administração somam R$ 30 mil por escola em 2019, além da verba concedida para a Associação de Pais e Mestres (APM). A previsão de entrega é para outubro deste ano.

A secretária de Educação, Sílvia Donnini, destacou a importância desta ação do governo Orlando Morando. “Estamos trabalhando para devolver um ambiente confortável e seguro para as nossas crianças e para os profissionais da Educação”, afirmou a titular da Pasta.

Para a diretora executiva da APM, Danielle Cristine de Almeida, 28 anos, trata-se de um momento muito especial para a escola. “Faz muito tempo que acompanho a APM desta EMEB. Agradeço a todos por ter incluído nossa escola no plano de reforma, pois este espaço não recebia importantes serviços de manutenção. Sem essa atenção, tudo foi se acumulando nos últimos anos”, enfatizou.

INVESTINDO NA EDUCAÇÃO
A gestão do prefeito Orlando Morando tem investido na melhoria da Educação de São Bernardo. Em 2019, entregou os uniformes e materiais escolares no primeiro dia de aula, bem como cardápio de alimentação escolar. O material contém as informações nutricionais e as refeições oferecidas a cada dia na rede. O cardápio é trocado trimestralmente.

Além da EMEB Edson Danillo Dotto, até o momento, mais 25 escolas foram incluídas no plano de reforma e revitalização. Confira as unidades: EMEBs Waldemar Canciani (Parque Imigrantes), Gonçalves Dias (Taboão), Lorenzo Enrico Felice Lorenzetti (Jardim Jussara), Fiorente Elena (Paulicéia), Francisco Beltran Batistini “Paquito” (Alvarenga), José Luiz Jucá (Montanhão), Prefeito Aldino Pinotti (Baeta Neves), Alice do Lago Gonçalves Salvador (Vila São Pedro), Pedro Augusto Gomes Cardim (Assunção), Graciliano Ramos (Riacho Grande), Mariana Neves Interliche (Assunção), Benedito José de Moraes (Jardim Lavínia), Estudante Flamínio Araújo de Castro Rangel (Vila Marchi), Arlindo Miguel Teixeira (Alvarenga), Irmã Odete Maria Ramos Pinto (Vila São Pedro), Guilherme de Almeida (Jardim Lavínia), Olavo Bilac (Rudge Ramos), Viriato Correia (Rudge Ramos), Ondina Ignez de Oliveira (Jardim Cláudia), Antonio Pereira Coutinho (Jardim Laura), Paulo Teixeira de Camargo (Taboão), Leonardo Nunes (Vila Euclides), Angelo Ceroni (Jardim Petroni), Isidoro Batistin (Batistini) e Marcelo Roberto Dias (Batistini).

Crédito: Ricardo Cassin/PMSBC

Comente aqui