Data: 15/09/2020 13:21 / Autor: Redação / Fonte: Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado

Nova Fábrica de Cultura 4.0 de São Bernardo inicia pré-matrícula

Voltada à arte, à tecnologia e à inovação, unidade da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado será inaugurada em 30 de setembro com 640 vagas em diversos cursos


Crédito: Gabriel Inamine/PMSBC

A etapa de pré-matrícula para os primeiros cursos da Fábrica de Cultura 4.0 de São Bernardo do Campo, no ABC Paulista, começa nesta terça-feira (15). Serão oferecidas inicialmente 640 vagas em 32 cursos de formação em economia criativa. A nova unidade entrará em funcionamento no próximo dia 30. E os cursos serão iniciados em 07/10. Trata-se de uma parceria entre o Governo do Estado de São Paulo e a Prefeitura de São Bernardo. Essa será a 12a Fábrica de Cultura em São Paulo, a segunda fora da Capital e a primeira a adotar o programa 4.0, que inclui artes tradicionais e tecnologia. A gestão será feita pela organização social Catavento Cultural e Educacional.

A unidade de São Bernardo terá um projeto educacional dedicado à inovação, à tecnologia e à arte. Do dia 15 de setembro até o dia 6 de outubro, os interessados poderão conhecer as atividades que serão oferecidas na Fábrica 4.0 por meio de uma série de videoaulas no canal do Youtube da " TV F á bricas ". A pré-matrícula deve ser feita por meio do link: http://inscricao.catavento.sbc.softwaregeo.com.br, a partir das 17h.

Os cursos de formação da Fábrica 4.0 de São Bernardo terão como objetivo capacitar jovens de 15 a 24 anos, em situação de vulnerabilidade social, de São Bernardo do Campo e das demais cidades do Grande ABC. "É um projeto inovador e transformador, que vai oferecer a milhares de jovens uma formação de alto nível para trabalhar num dos setores que mais crescem e mais geram renda e emprego no mundo, que é a economia criativa", afirma o Secretário de Cultura e Economia Criativa de São Paulo, Sérgio Sá Leitão. "Além disso, a nova Fábrica será um espaço de acolhimento, de colaboração e de lazer."

Nessa primeira etapa, serão abertas vagas para os cursos: Construindo e Programando Drones; Desenvolvimento e Design de Games; Cultura Maker; Iniciação à Robótica 4.0; Roteiro para Games; Programação de Games e Apps; Iniciação ao Universo Game; Programação e Design de Games. Também serão oferecidas modalidades voltadas às artes, como Teatro, Balé, Dança Contemporânea, Street Dance, Violino e Viola, Violão, Violoncelo, Circo Solo e Malabares. A previsão é que as aulas comecem no dia 7 de outubro.

Juntamente com o início das aulas, será aberto à população o acesso ao andar térreo, ao mezanino e a uma parte do primeiro pavimento da Fábrica. Também ocorrerão projeções mapeadas na fachada externa do prédio. Em uma segunda etapa de funcionamento, programada para iniciar em junho de 2021, serão entregues o primeiro e o segundo pavimentos completos e o auditório. O número de cursos será então ampliado para 103 e o de vagas, para 2.100 por ano. O funcionamento total do equipamento está previsto para o final de 2021, com a oferta de 308 cursos e 4.185 vagas por ano.

Com 5.428 metros quadrados, a Fábrica de Cultura 4.0 de São Bernardo do Campo terá ainda uma estrutura de coworking para incentivar a troca de experiências entre empreendedores e agentes culturais. Também disponibilizará a primeira Bibliotech do programa, uma biblioteca digital com um acervo de mais de 20 mil títulos. Serão oferecidos 10 tablets para leitura no local e mais 200 logins "volantes" para acessos por meio de celulares, tablets e computadores na biblioteca ou na casa do frequentador. Além desta novidade, a Bibliotech manterá um acervo físico com títulos voltados às tecnologias 4.0, inovação, empreendedorismo e literatura.

Conceito da Fábrica 4.0

A Fábrica 4.0 segue o conceito de um novo espaço para um novo tempo. O modelo, incluindo seu projeto educacional, é voltando para a quarta revolução industrial, impulsionada pela convergência digital e pela Economia Criativa. No local, artes presencias e digitais darão corpo para as propostas de formação e fruição da criatividade, da inovação e da tecnologia. Este conceito será adotado em todas as Fábricas futuras. Ele, aos poucos, também chegará às unidades já em funcionamento.

Projetado com uma estrutura de concreto aparente, o espaço ocupa um terreno de 11.300 metros quadros e tem uma área construída de 4.717 metros quadrados. O conjunto arquitetônico foi idealizado pelos arquitetos Marcelo Ferraz e Francisco Fanucci.

Estrutura da Fábrica

O projeto da Fábrica 4.0 oferece uma estrutura física dividida em quatro áreas: térreo, mezanino e dois pavimentos. O térreo abrigará a recepção, a Praça Digital, a Bibliotech, os espaços Maker e Robótica, o Display Vertical, o Pátio Cultural, o Palco Móvel e a Fachada Tela. O mezanino terá o Espaço Games e Programação e o Coworking. No 1o pavimento, o frequentador encontrará o Foyer Galeria, o auditório, os camarins e os espaços Dança, Circo, Figurinos, Música 1, Artes e Teatro.

Serviço

Fábrica de Cultura 4.0 de São Paulo

Início da pré-matrícula: 15/09, às 17h
Onde realizar: http://inscricao.catavento.sbc.softwaregeo.com.br

Início das aulas: 07/10/2020

Endereço: avenida Armando Ítalo Setti, nº80- Baeta Neves- São Bernardo

Comente aqui