Data: 10/12/2019 15:45 / Autor: Redação / Fonte: Reis do Drible

Michael, revelação do Brasileirão, é destaque do Reis do Drible

Quinta edição do evento tem também a presença confirmada de atletas como o craque Falcão, do Futsal, e Séan Garnier, Rei do Futebol Freestyle


Michael no Craque do Brasileirão
Michael no Craque do Brasileirão

Crédito: Lucas Figueiredo / CBF

A quinta edição do Reis do Drible, dia 22 de dezembro, em São Bernardo do Campo (SP), confirma mais um atleta que promete fazer sucesso na competição em que dribles valem tanto ou mais do que gols marcados. Revelação do Campeonato Brasileiro de Futebol de 2019, o atacante Michael, do Goiás, estará em quadra ao lado do craque Falcão, do Futsal, e do Rei do Freestyle, o francês Séan Garnier no evento programado para o Ginásio Poliesportivo Cidade de São Bernardo Adib Moysés Dib.

Terminada a edição de 2019 do principal campeonato de futebol do Brasil, Michael destacou-se nas estatísticas individuais do torneio e também da equipe. O mato-grossense de 23 anos foi quem mais aplicou dribles nos adversários, um total de 74 nas 35 partidas que disputou das 38 do campeonato, o que o coloca no centro das atenções do Reis do Drible. Foi o artilheiro do Goiás, com 9 gols, ao lado de Rafael Moura, somando 83 finalizações (34 certas), entrando no top 10 do torneio nesse quesito, e também o que mais deu assistências, 5 ao todo.

Michael ganhou nesta segunda-feira (9) o prêmio de revelação no "Craque do Brasileirão", organizado pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol), e também no "Bola de Prata", criado pela Revista Placar em 1970 e organizada desde 2016 pelo canal de TV ESPN, que desde 2007 é parceira da revista na divulgação. O destaque faz com que o Goiás, dono de 80% dos direitos econômicos do atleta, tenha recebido diversas propostas de compra do jogador.

Ingressos - Os interessados em assistir ao Reis do Drible, em São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo, podem garantir seus ingressos antecipados pela internet, no site da Blue Ticket: https://site.blueticket.com.br/evento/27642. Também haverá venda de ingressos no local, caso não tenha se esgotado. Os ingressos custam R$ 20,00 (inteira), enquanto a meia-entrada tem o preço de R$ 10,00.

Há ainda a possibilidade de compra do Ingresso Social (R$ 10,00), que é promocional, e para cada ticket adquirido, deverá ser entregue 1 kg de alimento não perecível na entrada do evento. Crianças de até cinco anos de idade têm entrada gratuita - sem ocupação de assento - devendo ser apresentado o documento na entrada (sujeito a lotação do ginásio).

Formato do evento - O Reis do Drible é realizado em uma quadra especialmente desenhada e com regras adaptadas para facilitar a apresentação dos dribles. O formato é o 4 x 4, com três jogadores na linha e um goleiro, em dois tempos de 10 minutos, com cronômetro parado. O evento une as características do futsal, com futebol de campo e o futebol freestyle, e alguns dribles tradicionais, como caneta, meia-lua e chapéu, por exemplo, valem o dobro de pontos em relação a um gol.

A competição pode ser definida quando estiver em seus momentos decisivos com uma regra válida desde a segunda edição: o jogador que conseguir realizar o drible e fazer o gol na mesma jogada terá uma bonificação e este "combo" valerá quatro pontos. Há ainda os desafios individuais, em que um atleta escolhe um adversário para o drible homem contra homem. As faltas, caso aconteçam, são cobradas sempre no estilo shoot out, ou seja, o jogador vai de encontro ao goleiro adversário com o objetivo de driblá-lo para fazer o gol.

A história do Reis do Drible - A primeira edição do evento foi realizada em dezembro de 2015, na HSBC Arena, no Rio de Janeiro (RJ). O time Reis do Brasil, comandado por Falcão e Nenê, garantiu a vitória por um placar apertado, 18 x 16. Do lado dos Reis do Mundo, o francês Séan Garnier roubou a cena, pontuando de todas as formas possíveis: gols, caneta, chapéu e meia-lua.

Em janeiro de 2017, São Bernardo do Campo (SP) sediou a segunda edição. Assim como na estreia, o craque Falcão comandou os Reis do Brasil e garantiu a manutenção do troféu de campeão. Outra vez, entre os Reis do Mundo, Séan Garnier destacou-se no time das estrelas internacionais, ao lado do argentino Jesús Dátolo, um dos melhores em quadra na primeira etapa. Placar final, 29 x 15 para o time nacional.

Já em dezembro de 2017, também em São Bernardo do Campo, a conquista do tricampeonato de Falcão. Séan Garnier, como de costume, foi a estrela principal dos Reis do Mundo, que foram derrotados por 33 x 16. Vinícius Júnior, atualmente no Real Madrid, foi o principal parceiro de Falcão no terceiro título seguido do craque, que em 2018 fez sua despedida do futsal.

Itapecerica da Serra (SP) foi palco da quarta edição do Reis do Drible, em 2018. O Time de Falcão, composto ainda pelo uruguaio Arrascaeta, os habilidosos atletas do futebol freestyle, Adonias Fonseca e Lu "Caneta", além do goleiro Franklin, do futsal, garantiu a vitória ao vencer o Time de Nenê por 20x11. Ao lado do jogador do Fluminense, estiveram Rodrygo, do Real Madrid, o argentino Charly Iacono, do futebol freestyle, e os jogadores de futsal Oito Meia e Willian.

A quinta edição do Reis do Drible tem patrocínio de Bradesco, Rexona, Piracanjuba, Uni Drummond, Atlhetica Nutrition e Sabesp, e conta com o apoio de Hummel, Plastprime, Twin Towers Flat e Prefeitura de São Bernardo do Campo. O evento tem a organização da Savaget & Excalibur Promoções e Eventos.

Programação:

Domingo - 22/12/2019

8h - Abertura dos portões para o evento

10h - Horário previsto para início da transmissão ao vivo no Esporte Espetacular (TV Globo)

Serviço:

Quinta edição do Reis do Drible

Local: Ginásio Poliesportivo Cidade de São Bernardo Adib Moysés Dib

Endereço: Av. Kennedy - Anchieta, São Bernardo do Campo (SP)

Ingressos: https://site.blueticket.com.br/evento/27642 

Valores: R$ 20,00 - inteira / R$ 10,00 - meia entrada ou ingresso social

Formas de Pagamento: Dinheiro, Débito e Crédito

Séan Garnier e Falcão em duelo na terceira edição
Séan Garnier e Falcão em duelo na terceira edição

Crédito: Rodrigo Dod / Divulgação

Comente aqui