Data: 16/04/2013 15:13 / Autor: Ana Lucia Almeida / Fonte: PMSBC

Marinho participa do Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana

Durante o encontro, o governador Geraldo Alckmin assinou um decreto que institui o Fundo de Desenvolvimento da Região Metropolitana


Reunião do Conselho
Reunião do Conselho

O prefeito de São Bernardo e presidente do Consórcio Intermunicipal Grande ABC, Luiz Marinho, participou nesta terça-feira (16) da 6ª Reunião do Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana de São Paulo, na Praça das Artes, sede da Secretaria de Cultura da Prefeitura de São Paulo. O encontro foi marcado pela eleição do prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, como presidente do Conselho, e do prefeito de Cotia, Carlos Camargo, como vice-presidente. Também foi assinado pelo governador Geraldo Alckmin um decreto que institui o Fundo de Desenvolvimento da Região Metropolitana de São Paulo.

Na oportunidade, o governador falou sobre a importância do Conselho para a Região Metropolitana, composta por 39 municípios. “Somos a terceira maior metrópole do mundo, com 20 milhões de pessoas, mas precisamos melhorar. Podemos dar uma grande contribuição e, para isso, temos que buscar soluções que extrapolam o limite de uma cidade”, disse Alckmin.

Para o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, é preciso um alinhamento estratégico e a criação de um plano diretor metropolitano para que os municípios possam trabalhar em conjunto os diversos assuntos em comum.

O prefeito Luiz Marinho também destacou a importância de um plano diretor metropolitano alinhado com os PPAs (Plano Plurianual) e as LOAs (Lei Orçamentária Anual). “É necessário encontrar mecanismos para resolver os problemas regionais e desatar os nós. Só podemos fazer uma obra de drenagem na região de Piraporinha, na divisa com Diadema, se tivermos, por exemplo, o piscinão Jaboticabal, que é na cidade de São Paulo. Precisamos de uma intervenção conjunta para resolver o problema que atinge as três cidades, além de São Caetano”, frisou.

Marinho também citou a necessidade da integração tarifária do transporte coletivo e a recuperação das linhas intermunicipais, de forma a tornar o transporte mais eficiente e barato, e sugeriu a participação de um representante do governo federal nas discussões do Conselho.

Criação – O Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana de São Paulo foi criado em 2011 com a função de ser o principal instrumento de deliberação sobre planos, projetos, programas e obras estratégicas a serem executados na região com recursos do Fundo de Desenvolvimento. Entre as áreas de atuação do colegiado, estão o planejamento, mobilidade urbana e melhorias nos setores viário, habitacional, de saneamento ambiental, meio ambiente, desenvolvimento econômico e atendimento social.

Comente aqui