Data: 23/08/2019 11:49 / Autor: Redação / Fonte: ACISBEC

Marcelo Dória dá dicas sobre como driblar a crise em evento na ACISBEC

Empresário bem-sucedido do ramo do varejo ensinou o público sobre diferenciais competitivos no mercado, na noite de quinta-feira (22), na sede da Associação


Marcelo Dória dá dicas sobre como driblar a crise em evento
Marcelo Dória dá dicas sobre como driblar a crise em evento

Crédito: divulgação/ACISBEC

Estar no lugar do cliente, saber o que ele quer, buscar conhecimento e ter diferencial competitivo estão entre as práticas para o caminho do varejo bem-sucedido. O recado foi transmitido por Marcelo Dória, empresário do segmento de produtos e serviços, há 17 anos, durante evento na noite de quinta-feira (22), na ACISBEC (Associação Comercial e Industrial de São Bernardo do Campo).

No evento, ele abriu a palestra contando a sua história, das suas empresas e suas ações. Começou como vendedor de lingerie, aos 17 anos, e atualmente é dono de uma rede de lojas. Segundo o empresário, o comerciante deve ter como regra de vida ser o seu próprio cliente. “Acredite, trabalhe! E faça pelo cliente o que você gostaria que fizesse pra você.”, ensinou. “A crise não é motivo para não evoluir. Não espere ela passar, invista!”.

O empresário, que tem o sobrenome do governador de São Paulo, João Dória, antecipou para a plateia: “É apenas uma feliz coincidência”. 

Marcelo Dória, 39 anos, é dono do Depósito da Lingerie, empresa que nasceu no final dos anos 90, numa sobreloja alugada na avenida Mateo Bei, em São Mateus, na Zona Leste. “Não é só de dinheiro que precisamos para empreender. É preciso mais do que isso: conhecer muito bem o mercado em que atua”, ensinou.

Valter Moura Júnior, vice-presidente da ACISBEC, disse que esse tipo de iniciativa da ACISBEC, realizada em parceria com o Sebrae, ajuda a estimular os pequenos negócios e contribui para gerar emprego e renda para a cidade. “A associação está aberta a todos os empreendedores”, afirmou.

Entre o público presente, o Secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Trabalho e Turismo da Prefeitura de São Bernardo do Campo (SDECT), Hiroyki Minami, disse que essas ações contribuem para qualificar o setor e trazer mais desenvolvimento em São Bernardo. “Essa atividade coincide com a política da administração local apoiando principalmente os pequenos empreendedores”, disse.

Valorizar - Para fazer o negócio prosperar, Dória destacou que é necessário entender o que o cliente quer, a cadeia produtiva que envolve o produto, as tendências para o negócio e as necessidades dos colaboradores. “É preciso cursar ainda a Fababa”, disse em tom de brincadeira. “Sabem o que é? É a faculdade da barriga no balcão, ou seja, ter muita disposição para trabalhar, além do horário comercial”. 

Além de ter um propósito definido, o empresário ensinou que são estratégias importantes ter um diferencial competitivo para se manter no mercado; observar que o comportamento do consumidor mudou, hoje ele é mais tecnológico, conectado, consciente dos seus direitos e ainda valoriza experiência e preço. E, principalmente, capacitar o colaborador, que é o melhor caminho do sucesso. “O seu funcionário é o seu primeiro cliente, se você não o convencer como vai querer fazer isso com o seu público? Ele precisa estar preparado para o atendimento. Uma equipe bem treinada consegue detectar exatamente o que o consumidor quer e ainda oferecer produtos adicionais”, disse.

Comente aqui