Data: 05/04/2013 08:10 / Autor: Redação / Fonte: PMSBC

Luiz Marinho participa de assinatura de adesão ao Focem Automotivo

Por meio do acordo, 25 empresas da região do Grande ABC receberão apoio e consultorias para aumentar sua competitividade


Marinho em evento do Focem Automotivo
Marinho em evento do Focem Automotivo

Crédito: Raquel Toth

 

O prefeito de São Bernardo do Campo e presidente do Consórcio Intermunicipal Grande ABC, Luiz Marinho, participou na noite desta quinta-feira (4) da cerimônia de assinatura dos termos de adesão das 25 empresas da região do ABC selecionadas para participar do Projeto de Adensamento e Complementação Automotiva no Âmbito do Mercosul - Focem Auto. O evento aconteceu na sede do Consórcio, em Santo André.  Por meio desse projeto, será reforçada a competitividade de pequenos e médios fornecedores de autopeças. Para isso, as empresas participantes terão à disposição consultarias gratuitas em gestão, marketing e análise de mercados, entre outros benefícios.

Também esteve presente ao encontro, Otávio Silva Camargo, diretor da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), entidade responsável pela execução do projeto, que é cofinanciado pelo Fundo para a Convergência Estrutural e Fortalecimento Institucional do Mercosul (Focem). Para Marinho, o projeto casa perfeitamente com a situação econômica que o País vem vivenciado nos últimos 10 anos com o governo do ex-presidente Lula e, agora, no mandato da presidente Dilma Rousseff. “Para a consolidação de nossa economia, não pode haver fragilidade nas cadeias produtivas. A região tem buscado se fortalecer por meio da criação de Arranjos Produtivos Locais (APLs) e outras ações, mas ainda há obstáculos a serem vencidos. Portanto, temos de articular as inteligências de cada cidade e passar a ter confiança de fato nesse processo”, af irmou Marinho.

Já o diretor da ABDI destacou que o lançamento do projeto tem por objetivos minimizar a assimetria entre as economias dos países do Mercosul, fomentar a competitividade, aumentar a renda e reduzir o desemprego. “O que queremos é fortalecer essa cadeia e suas atividades produtivas, e essa parceria com o Consórcio, referência no Brasil em termos de gestão regional, irá permitir que se potencialize esse projeto”, afirmou Otávio. 

A lista das empresas paulistas escolhidas foi divulgada no último dia 28. São 25 organizações de pequeno e médio porte sediadas no Grande ABC. No total, serão contempladas em torno de cem empresas com atuação no setor de autopeças no Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai.

Em São Paulo, o Consórcio é parceiro no projeto com o envolvimento dos Grupos de Trabalho Automotivo e de Desenvolvimento Econômico. A meta é estimular a integração produtiva da cadeia automotiva do Mercosul, com destaque para as áreas de autopeças e ferramentaria. 

Focem Auto - O Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior é o organismo supervisor do Focem Auto no Brasil e, por meio de um Acordo de Cooperação Técnica, delegou à ABDI a tarefa de coordenar a gestão e execução das ações.

O Focem Auto tem um orçamento estimado em US$ 4 milhões, sendo cerca de US$ 3 milhões provenientes do Focem e US$ 1 milhão da ABDI. O prazo de execução é de 24 meses. Além das empresas do ABC, participaram do processo seletivo companhias da Grande Porto Alegre e Região da Serra Gaúcha, no Rio Grande do Sul. 

Comente aqui