Data: 22/07/2015 17:03 / Autor: Redação / Fonte: PMSBC

Lideranças comunitárias de SBC conhecem obras do piscinão do Paço Municipal

Piscinão terá capacidade para armazenar 200 milhões de litros de água da chuva; lideranças também conheceram Central de Materiais Recicláves no Bairro Cooperativa


Secretário de Serviços Urbanos, Tarcisio Secoli, explica obras do piscinão do Paço Municipal de São Bernardo
Secretário de Serviços Urbanos, Tarcisio Secoli, explica obras do piscinão do Paço Municipal de São Bernardo

Crédito: Wilson Magão

Lideranças comunitárias e representantes de associações de amigos de bairro de São Bernardo visitaram, na manhã desta quarta-feira (22), as obras de drenagem que estão em andamento no Paço Municipal e que fazem parte do Drenar, programa de combate às enchentes da Prefeitura, com intervenções em vários pontos da cidade.

Com a parceria do Governo Federal, estão sendo investidos mais de R$ 300 milhões para a construção de piscinão na área do Paço Municipal e de galerias de águas pluviais na Avenida Aldino Pinotti e Rua Jurubatuba. A obra vai beneficiar toda a cidade, que convive durante décadas com os problemas gerados pelas inundações.

Além das obras de combate às enchentes, as lideranças conheceram, in loco, uma das Centrais de Materiais Recicláveis da cidade, localizada no Bairro Cooperativa e que tem capacidade para reciclar até 100 toneladas por dia. No percurso, também conheceram as obras de duplicação da Avenida José Odorizzi e do viaduto que vai transpor a Robert Kennedy, intervenções que fazem parte do corredor de ônibus Leste-Oeste.

Durante a visita, o secretário de Serviços Urbanos, Tarcisio Secoli, deu detalhes sobre a tecnologia utilizada na construção do piscinão e das galerias, bem como sobre a capacidade de armazenamento e todo o cronograma das obras. “As lideranças vão utilizar as informações obtidas para passar aos moradores de suas respectivas localidades tudo o que estamos fazendo para acabar com as enchentes em São Bernardo. Além disso, a ida delas até a Central vai fortalecer e reforçar ainda mais a importância da coleta seletiva porta a porta em nossa cidade”, ressaltou Secoli.

Os representantes das associações observaram as obras no Paço Municipal do 18º andar do prédio sede da Prefeitura e foram recepcionados pelo prefeito Luiz Marinho, em seu gabinete. Eles também visitaram o buraco onde será o piscinão.

O reservatório terá profundidade equivalente a um prédio de sete andares, capacidade para reter 200 milhões de litros de água da chuva e vai ocupar área aproximada de dois campos de futebol.

“Poder conhecer bem de perto essas obras é muito importante. Nós ouvimos falar, mas é ao presenciar e saber de todos esses detalhes que nos conta da importância e da dimensão do que está sendo feito. É impressionante”, afirmou Gustavo Simão, representante da Associação Amigos de Bairro do Parque dos Químicos.

Já Cícera Pereira do Nascimento, líder comunitária e moradora do Ferrazópolis, destacou o papel da coleta seletiva na cidade. “A separação do material para ser recolhido não passa apenas pela questão ambiental. Ela também gera renda para vários catadores. Esse trabalho tem potencial para crescer cada vez mais”, apontou.

O piscinão do Centro será interligado, por baixo da terra, à galeria e ao túnel que estão sendo construídos na Rua Jurubatuba para reforçar o sistema de drenagem na região central da cidade. Quando chover, toda a água captada pelo piscinão será bombeada para o Ribeirão dos Meninos por meio da galeria de descarga que faz a ligação do reservatório com o córrego, passando sob parte do estacionamento do shopping e da Avenida Aldino Pinotti. As obras devem ser concluídas até o fim de 2016 e vão beneficiar toda a cidade.

Outras obras - Além da região central, outros locais da cidade estão sendo beneficiados pelas ações do Drenar. São outros R$ 300 milhões investidos em intervenções do programa em bairros como Vila Vivaldi, Vila Helena, Jardim Orlandina, Jardim Hollywood, Jardim do Mar, Vila Euclides, Baeta Neves, Nova Petrópolis, Santa Terezinha, Demarchi e também nas vias João Firmino (Assunção) e MMDC (Paulicéia).

Vários córregos também estão sendo canalizados, como o Alvarenga, Saracantan, SIlvina, Ipiranga, Capuava, Pindorama, Colina Mininha e Chrysler.

Disk Drenar - Os moradores têm vários canais para tirar dúvidas sobre as obras de drenagem: pelo telefone 4341-8613, pelo e-mail drenar@saobernardo.sp.gov.br ou pelo Facebook "programa.drenar".


Comente aqui