Data: 03/03/2021 16:37 / Autor: Daniel Macário / Fonte: Secom/PMSBC

HC de São Bernardo supera marca de 3.000 atendimentos em ambulatório de cardiopediatria

Criado em 2018 pelo prefeito Orlando Morando, serviço já realizou mais de 455 procedimentos cirúrgicos em crianças


Nesta quarta-feira (03/03), o prefeito Orlando Morando visitou o pequeno Lucas, em sua residência
Nesta quarta-feira (03/03), o prefeito Orlando Morando visitou o pequeno Lucas, em sua residência

Crédito: Omar Matsumoto/PMSBC

Referência no Estado de São Paulo na realização de cirurgias cardíacas infantis, o Hospital de Clínicas de São Bernardo atingiu a expressiva marca de 3.271 atendimentos no seu ambulatório de cardiopediatria. O serviço criado em 2018 pelo prefeito Orlando Morando, em parceria com o Governo do Estado, atende atualmente crianças e adolescentes, de zero a 18 anos, que sofrem com cardiopatias congênitas.

Desde a criação do serviço, o centro de referência instalado no Hospital de Clínicas realizou 2.446 consultas ambulatoriais e 455 procedimentos cirúrgicos, incluindo ainda 370 internações de crianças. Para o atendimento desses pacientes, o complexo hospitalar conta atualmente com leitos de internações em enfermaria e Unidade de Terapia Intensiva (UTI) exclusivos para a cardiopediatria. Há ainda equipe multiprofissional composta por cirurgiões, médicos plantonistas e diaristas, enfermeiros, técnicos de enfermagem, farmacêutico, fisioterapeutas, fonoaudióloga, nutricionista, assistente social, psicóloga e terapeuta ocupacional.

Morador do Parque Imigrantes, o pequeno Lucas Gabriel, de apenas 1 ano, foi um dos pacientes atendidos pela equipe do centro de referência em cardiopediatria do HC. Diagnosticado ainda com quatro meses de idade com cardiopatia congênita, durante atendimento de urgência na UPA Demarchi/Batistini, o bebê ficou internado no complexo hospitalar, de agosto a outubro do ano passado, onde passou por duas cirurgias cardíacas.

Nesta quarta-feira (03/03), o prefeito Orlando Morando visitou o pequeno Lucas, em sua residência. Durante o encontro, o chefe do Executivo, que em setembro do ano passado já havia visitado o paciente durante sua internação no complexo hospitalar, se surpreendeu com a rápida recuperação da criança. “Ver o Lucas hoje correndo pela sua casa, sorrindo, ao lado dos seus primos, me emociona muito. Isso porque, ele é um exemplo da importância de termos em São Bernardo o tratamento de cardiopatia. Além de salvar centenas de vida, o centro de referência é mais um serviço oferecido a nossa população no HC, que antes da nossa gestão, estava subutilizado”.

Durante o reencontro, a mãe de Lucas Gabriel, a jovem Maria Vitória, 19 anos, não escondeu sua emoção e gratidão pela equipe do centro de referência. “Sou muita grata a todos. Se não fosse a equipe do Hospital de Clínicas, meu filho não estaria vivo. Eles foram verdadeiros anjos enviados por Deus. Agradeço de coração ao profissionalismo, as mensagens de incentivos e ao carinho que eles têm até hoje pela minha família”.

REFERÊNCIA – O Hospital de Clínicas de São Bernardo possui ainda o serviço de cardiologia clínicas e cirúrgica adulta, com atendimentos ambulatoriais e internações. O complexo hospitalar dispõe ainda de recursos diagnósticos e terapêuticos como exames de ecocardiograma e hemodinâmica adulto e pediátrica.

Comente aqui