Data: 21/07/2021 20:17 / Autor: Redação / Fonte: Prefeitura de São Bernardo do Campo

Feiras noturnas são retomadas em São Bernardo a partir desta quarta-feira (21/07)

Suspensas desde fevereiro deste ano, atividades voltaram a funcionar seguindo regras e protocolos sanitários


Crédito: Ricardo Cassin / PMSBC

A Prefeitura de São Bernardo retomou nesta quarta-feira (21/07) a realização das feiras-livres noturnas. Suspenso desde fevereiro deste ano, em mais uma ação de combate à pandemia da Covid-19, o serviço voltou a ser oferecido para a população seguindo todos os protocolos sanitários, dentro do plano de flexibilização do município.

A retomada da atividade foi acompanhada hoje pelo prefeito Orlando Morando e pelo vice-prefeito e secretário de Serviços Urbanos, Marcelo Lima. Juntos, eles percorreram a feira noturna realizada na Alameda da Universidade, ao lado do Ginásio Poliesportivo Adib Moysés Dib, no Parque Anchieta.

“A retomada das feiras noturnas é mais uma medida da flexibilização das atividades econômicas da cidade. Uma medida que irá auxiliar não apenas a população, mas também os permissionários que tiveram suas atividades suspensas durante a pandemia. Aos poucos, quanto mais nossas equipes vacinam, mais a vida vai voltando ao normal”, destacou o chefe do Executivo.

Atualmente, São Bernardo conta com duas feiras noturnas organizadas pelo município, todas realizadas das 17h às 22h. Às quartas-feiras na Alameda da Universidade e às quintas-feiras na Praça dos Meninos, na Avenida Caminho do Mar, no bairro Rudge Ramos. Juntas, as feiras reúnem cerca de 60 permissionários, gerando emprego e renda para diversas famílias. Existe ainda uma feira noturna realizada às terças-feiras, essa organizada pela iniciativa privada, no estacionamento do Shopping Metrópole (Praça Samuel Sabatini, 200 – Centro).

A permissionária Ingrid Viezzer, de 31 anos, que há quase uma década trabalha como feirante, numa barraca de acarajé, celebrou a retomada da atividade. “Estou muito feliz, pois este retorno ocorre no momento certo. Meu marido estava quase procurando outro emprego. Agora voltamos as atividades com três pessoas na barraca”.

Comente aqui