Data: 27/06/2019 16:36 / Autor: Marli Popolin / Fonte: MP & Rossi Comunicações

Direito São Bernardo inova com pós em Direito Previdenciário Empresarial

A carga horária total para obtenção do certificado de especialista é de 360 horas e as aulas serão ministradas no período de agosto de 2019 a agosto de 2021


Crédito: Divulgação

A Faculdade de Direito de São Bernardo do Campo está com inscrições abertas para o novo curso de pós-graduação em Direito Previdenciário Empresarial, coordenado pelos professores doutores Ivani Contini Bramante e Miguel Horvath Junior.

O curso tem a finalidade de possibilitar ao aluno uma visão abrangente, com estudo das relações jurídicas e suas repercussões, de modo a propiciar abordagem global e aprofundada do profissional não apenas no conhecimento teórico, como na prevenção e solução dos conflitos decorrentes das inter-relações entre o contrato de trabalho e a previdência.

“Esse módulo pretende discutir os temas relacionados às responsabilidades empresariais por acidente de trabalho e os crimes previdenciários que giram em torno do que se trata como Direito Previdenciário Empresarial”, comenta a professora Ivani Contini Bramante.

A carga horária total para obtenção do certificado de especialista é de 360 horas e as aulas serão ministradas no período de agosto de 2019 a agosto de 2021, às terças e quintas-feiras, das 19 às 22h30. As inscrições encerram-se no dia 20 de julho e mais  informações podem ser obtidas no link https://www.direitosbc.br/especializacao-em-direito-previdenciario-empresarial/.

A INSTITUIÇÃO
Considerada uma das melhores instituições de ensino superior do País, a Faculdade de Direito de São Bernardo do Campo tem 54 anos de atividade e é referência no ensino jurídico do Brasil com mais de 14 mil profissionais formados e atuantes em diversas áreas do Direito. Oferece os cursos de graduação e de atualização, além de pós-graduação Lato Sensu. 

Seus professores e funcionários administrativos são servidores públicos municipais e ingressam nos quadros respectivos por meio de concursos públicos, ressalvadas as exceções legais. A FDSBC não possui fins lucrativos e a anuidade cobrada dos alunos – uma das menores de São Paulo – garante a autonomia financeira da estrutura.



Comente aqui