Data: 19/04/2013 10:28 / Autor: Vinícius Dominichelli / Fonte: PMSBC

Bia inicia carreira no Projeto Tigrinho e chega à Seleção Brasileira

Atleta da cidade começou a jogar no Batistini e no Lavínia


Bia iniciou carreira no Projeto Tigrinho
Bia iniciou carreira no Projeto Tigrinho

As aulas de futebol do Projeto Tigrinho ajudaram a atleta Beatriz Ferreira de Menezes, a Bia, a chegar até a Seleção Brasileira sub 17. Nascida em São Bernardo do Campo, a zagueira de 15 anos treinou com a equipe canarinho na semana passada, no Rio de Janeiro.

Bia começou na modalidade aos nove anos, quando se inscreveu na escolinha do bairro Batistini e depois se transferiu para a região do Lavínia. Depois de atuar no time feminino do São Bernardo Futebol Clube, ela se transferiu para o Projeto Centro Olímpico, em São Paulo, equipe que disputa campeonato em diversas categorias. “Fui convocada pela primeira vez para a Seleção. Sempre tive muito apoio no Projeto Tigrinho”, afirma.

Reformulado em 2009, a parceria entre a Prefeitura e o São Bernardo Futebol Clube atende em média seis mil crianças e adolescentes entre 7 e 16 anos anualmente. Os alunos e alunas, além de praticarem futebol em 35 campos municipais espalhados pela cidade, também recebem palestras e orientações sobre diversos temas, como drogas, meio ambiente, educação e comportamento.

Aluno do projeto no Selecta, Luiz Eduardo Tarasiuk, 8 anos, destaca as amizades que fez durante as aulas. “Gosto muito de jogar aqui. Fiz mais de dez amigos no Tigrinho”, afirma. “O Tigrinho também incentiva a criança a ir bem na escola. Então, o aprendizado também melhora”, afirma sua mãe, a professora de educação física Dinamara Tarasiuk, 45.

Vários jogadores que começaram a carreira no futebol pelo Projeto Tigrinho já conseguiram sucesso na modalidade. O centroavante Bruno Augusto, por exemplo, disputou duas Copas São Paulo pelo Tigre e outra pelo São Paulo. Já o volante Daniel Pereira é atual titular do São Bernardo FC na Série A1 do Campeonato Paulista. Outros atletas também já disputaram a Copinha, como Raul, Caio, Caíque e André.

“O projeto tira as crianças das ruas e também das drogas, além de aumentar o respeito entre eles”, afirma Pedro Barbosa da Silva, 44 anos, professor do Projeto Tigrinho.

Inscrições – Meninos e meninas entre 7 e 16 anos podem se inscrever durante todo o ano. Os documentos necessários são: atestado de escolaridade, certidão de nascimento, comprovante de residência e RG. O pai ou responsável deverá autorizar a matricula do aluno. Os endereços dos 35 campos para as inscrições estão disponíveis no site www.saobernardofc.com.br ou pelo telefone 4339-1029.

Alunos do projeto
Alunos do projeto

Comente aqui