Data: 07/01/2014 17:00 - Alterado em: 31/07/2015 16:06 / Autor: Vladimir Ribeiro / Fonte: PMSBC

Banco de sangue de São Bernardo precisa de doadores

Associação Beneficente de Coleta de Sangue funciona de segunda a sábado, das 8h às 13h


Banco de Sangue de São Bernardo precisa de doações
Banco de Sangue de São Bernardo precisa de doações

Crédito: Valmir Franzoi

A Associação Beneficente de Coleta de Sangue (Colsan) de São Bernardo está precisando de doações para manter o atendimento a hospitais da região. O hemocentro tem capacidade para receber até 200 doadores por dia e um dos tipos de sangue mais procurado, e mais difícil de ser encontrado, é O negativo.

Nelci Couto Vanderley, captadora do hemocentro, destacou que a quantidade de doações cai muito nesse período do ano. “Por conta das férias familiares e do tempo mais frio, as pessoas não priorizam a doação”, disse.

Ela também falou que está sempre em busca de parcerias com escolas, empresas e igrejas para reforçar as campanhas de doação. “Precisamos da ajuda de todos para conseguir manter o estoque e atender a demanda dos hospitais”, destacou.

A captadora explicou que o material coletado passa por exames antes de ser liberado para as unidades de saúde. “Esse processo é muito dinâmico e o sangue coletado não permanece por muito tempo no hemocentro. Um bom exemplo são as plaquetas que, no momento, temos em quantidade baixa no estoque”, disse.

Para ser doador é necessário ter entre 16 e 69 anos de idade, ter peso acima de 50 quilos, boas condições de saúde, estar alimentado, mas evitar refeições gordurosas. Quem tiver colocado tatuagem ou piercing deve esperar até um ano para fazer a doação.

 Os homens podem doar a cada dois meses, até no máximo quatro vezes no período de 12 meses. Já as mulheres podem doar a cada três meses, até no máximo três vezes no período de 12 meses.

SERVIÇO - A Colsan fica na Rua Pedro Jacobussi, 440, no Parque das Américas. O atendimento é feito de segunda a sábado, das 8h às 13h.

Comente aqui