Data: 11/04/2013 18:54 / Autor: Soraya Paladini / Fonte: PMSBC

8ª Semana dos Povos Indígenas de SBC terá visita a aldeias, palestras e debates

Programação tem início dia 15, com palestra sobre o pensamento mítico indígena


Foto Arquivo 7ª Semana dos Povos Indígenas
Foto Arquivo 7ª Semana dos Povos Indígenas

Crédito: Paulo Porto

Para celebrar as tradições e a história dos habitantes originais do Brasil, a Prefeitura de São Bernardo do Campo realiza a 8ª Semana dos Povos Indígenas de 15 a 21. Palestras e mesas de debates vão abordar o tema deste ano: o pensamento mitológico indígena e sua relação com o pensamento clássico ocidental, a música indígena e os povos Guarani que vivem na região do ABC. Também faz parte da programação a visita monitorada às aldeias indígenas guarani tenondé porá: Barragem, dia 20, e Krukutu, dia 21.

A programação será aberta dia 15, com a palestra ‘À Nossa Imagem e Semelhança: o Pensamento Mítico dos Yaminawa acerca da Caça e dos Animais’, com o professor Rafael Pansica, da USP. O encontro acontece às 20h, no Serviço de Memória e Acervo.

Os interessados em participar dessa e das outras atividades da semana, devem se inscrever pelo e-mail palestrasedebates@gmail.com ou pelos telefones 4336-8238 ou 4336-8239. Serão fornecidos certificados de participação. Confira abaixo a programação completa.

O Serviço de Memória e Acervo fica na Alameda Glória, 197, no Centro. Mais informações pelo telefone 4125 5577.

Daniel Munduruku - Como parte da programação da Semana dos Povos Indígenas, a Prefeitura promove no dia 17, às 14h30, um bate-papo com o escritor indígena Daniel Munduruku. O encontro acontece na Biblioteca Municipal Machado de Assis, no Riacho Grande.

Graduado em Filosofia, com licenciatura em História e Psicologia, Daniel vai discutir a escrita e oralidade na literatura indígena, com ênfase na manutenção da tradição oral que é transmitida de pais para filhos.

Esse é mais um encontro do programa ‘Ação Entre Livros’, que convida autores prestigiados a apresentar para o público de São Bernardo suas obras e influências.

Munduruku escreveu 43 livros, recebeu diversos prêmios no exterior e no Brasil, como o Jabuti. Muitos de seus livros receberam o selo ‘Altamente Recomendável’, outorgado pela Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil.

Daniel também é doutor em Educação pela USP, diretor presidente do Instituto UKA – Casa dos Saberes Ancestrais, diretor do Instituto Indígena Brasileiro para a Propriedade Intelectual – INBRAPI, comendador da Ordem do Mérito Cultural da Presidência da República e conselheiro consultivo do Museu do Índio no Rio de Janeiro.

A Biblioteca Machado de Assis fica na Av. Araguaia, 284. Informações pelo telefone 4354-9809.

Programação
Ciclo de Palestras e Debates
- À Nossa Imagem e Semelhança: o Pensamento Mítico dos Yaminawa acerca da Caça e dos Animais
Convidado: Prof. Rafael Pansica (doutorando do Departamento de Antropologia / Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas - FFLCH - e Núcleo de História Indígena e do Indigenismo, ambos da USP).

Dia: 15 (segunda), às 20h
- A Viagem do Verbo ao Corpo, Passando pela Música: para uma Antropologia da Cadeia Intersemiótica do Ritual, nas Sociedades Indígenas das Terras Baixas da América do Sul
Convidado: Prof. Dr. Rafael José de Menezes Bastos (Departamento de Antropologia da Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC).

Dia: 16 (terça), às 20h
Visita Monitorada às Aldeias Indígenas Guarani Tenondé Porá - Krukutu e Barragem
Local de saída e chegada: Serviço de Memória e Acervo. Alameda Glória, 197, Centro.

Vagas limitadas: 40 pessoas por dia.
Em ambos os dias, serão disponibilizados ônibus até as comunidades.
Barragem - Dia 20 (sábado).  Horário de saída: 8h. Horário previsto de chegada: 17h.
Krukutu - Dia 21 (domingo). Horário de saída: 8h. Horário previsto de chegada: 17h. 

Comente aqui