Data: 12/03/2020 11:48 / Autor: Redação / Fonte: Vidolce Café e Chocolates

Vidolce: o chocolate como negócio

Especialista com curso na Bélgica traz para o Brasil o melhor dos doces com chocolate belga; Vidolce Café e Chocolates está localizada em Santo André


Fachada da primeira loja
Fachada da primeira loja

Crédito: Divulgação

Presente em mais de 500 pontos de distribuição por toda a região e capital, incluindo grandes redes de supermercados como San Marchet e Eataly, a Vidolce inaugura sua primeira loja cafeteria. O endereço, em Santo André, é modelo e será ponto de partida para o início da franquia.

Com a chegada da Páscoa a procura por chocolate aumenta e nada melhor do que encontrar uma grande marca com uma nova loja na região. A inauguração da primeira loja e café Vidolce traz todos os produtos da marca, além de ovos de chocolate com os melhores ingredientes. “A loja segue tanto a tendência de continuar atendendo pedidos sob encomenda quanto continuar oferecendo ao consumidor final a melhor experiência, com a parte de café e salgados, em parceria com a Padaria Brasileira. “A loja será modelo de negócio, pois pretendemos iniciar a expansão com franquias este ano ainda”, comenta Paula.

A paixão que virou carreira

A história da marca teve início em 2009, quando Paula Vido se apaixonou por confeitaria durante a faculdade de gastronomia. “Terminei a graduação e fui buscar especialização fora, em lugares que são referências para a área”, conta a chef. Ela passou três meses na França se especializando em chocolates, bombons e manipulação de chocolates.

O próximo passo foi buscar mais informações direto na fonte, em um curso dentro de uma fábrica de chocolates na Bélgica. “Onde mais eu poderia aprender sobre chocolate belga?”, brinca Paula.

Na volta, ela arregaçou as mangas e começou a produção em um pequeno espaço. “Trabalhava sozinha. Produzia e vendia ovos de Páscoa, trufas e bombons para amigos e família e nas redondezas do bairro, quando uma amiga que trabalhava em uma grande empresa de telefonia me indicou”, lembra. O primeiro grande pedido então chegou: 7.000 ovos de Páscoa.

A produção se ampliou e Paula contou com a ajuda de todos os familiares. “Chamei a família para ajudar e resolvemos abrir uma fábrica maior, com consultoria de engenheiros de alimentos e toda a estrutura de um negócio realmente grande. Era o meu sonho virando realidade”, diz.

Em 2017, surgiu a ideia do top cake, produto que é o carro chefe da Vidolce. Com o marido fazendo o planejamento comercial e ampliando a distribuição, o negócio cresceu. No início, eram 500 top cakes; hoje, são de 20 mil a 30 mil por mês. Na Páscoa a marca chega a produzir cerca de 50 mil top cakes. “Em 2019, nessa época, vendemos 3 mil ovos e este ano só em um pedido já foram entregues 3 mil. Estamos investindo em maquinário para automatizar parte do processo e conseguir ampliar a produção e atender mais rapidamente esses grandes pedidos”, afirma a empresária.

Inauguração Vidolce Café e Chocolates
Dias 13 e 14 de março das 10h às 21h
Rua das Bandeiras, 23 – Bairro Jardim – Santo André

Comente aqui