Data: 26/06/2019 09:34 / Autor: Daniel Betega / Fonte: Secom PSA

Santo André inicia obras de nova ligação entre os bairros Jardim e Campestre

Abertura de via integra a Operação Prestes Maia e o Programa de Ação Imediata no Trânsito


Prefeitura inicia obras de nova ligação entre os bairros Jardim e Campestre
Prefeitura inicia obras de nova ligação entre os bairros Jardim e Campestre

Crédito: Angelo Baima/PSA

A Prefeitura de Santo André começou a construir uma nova ligação entre os bairros Jardim e Campestre, com a abertura do canteiro central da avenida Prestes Maia no trecho que compreende a rua das Palmeiras e a rua Vitória Régia. As obras devem durar até agosto e vão contemplar também a instalação de semáforos nos cruzamentos da rua das Figueiras e alameda Campestre, além da alameda São Caetano, e ainda nova sinalização horizontal, vertical e serviço de recapeamento.

A rua das Palmeiras foi interditada entre a alameda São Caetano e a avenida Prestes Maia e ficará fechada neste trecho até o próximo domingo (30). Entre os dias 1º e 6 de julho a interdição será no cruzamento da alameda São Caetano com a rua das Palmeiras e do dia 6 a 31 de julho ocorrerá fechamento parcial de uma pista da avenida Prestes Maia, no sentido viaduto Presidente Castelo Branco.

Durante o período de obras, os agentes do Departamento de Engenharia de Tráfego (DET) vão monitorar o trânsito e orientar os motoristas nos horários de maior movimento. Desvios serão montados pela rua das Caneleiras, Aroeiras e rua das Figueiras para acesso à avenida Prestes Maia.

A nova ligação entre os bairros Jardim e Campestre faz parte da Operação Prestes Maia, pacote de intervenções realizado pela Prefeitura com o objetivo de revitalizar todo o entorno desta importante via. As obras integram também o Programa de Ação Imediata no Trânsito (PAIT), que já realizou diversas microintervenções de baixo custo na cidade, e também fazem parte do Programa Respeito à Vida, antigo Movimento Paulista de Segurança no Trânsito, do Governo do Estado, que visa reduzir o número de mortes no trânsito da cidade em 50% até o ano de 2020 com medidas focadas na educação de trânsito e também nas obras viárias.

Comente aqui