Data: 02/07/2022 13:49 / Autor: Redação / Fonte: Prefeitura de Santo André

Santo André empata série contra Ituano pela Liga de Basquete Feminino

Partida realizada no Ginásio Laís Elena terminou com o placar de 80 a 72 pelas quartas de final


Crédito: Helber Aggio / PSA

Na manhã deste sábado (2) o ginásio Lais Elena Aranha, no Complexo Esportivo Pedro Dell’Antonia, sediou a vitória de Santo André contra o Ituano na Liga de Basquete Feminino (LBF), maior competição nacional da modalidade. O segundo jogo válido pelas quartas de final da competição terminou com o placar de 80 a 72 para o time andreense. Na segunda-feira (4), 19h, no mesmo ginásio, as equipes voltam a se enfrentar, agora de forma decisiva, valendo vaga para as semifinais. A entrada é gratuita.

Durante a partida a equipe atuou de forma inteligente e organizada fazendo um bom aproveitamento, principalmente nos momentos de transição. Das oportunidades, Lays fez 17 pontos, oito assistências e pegou cinco rebotes.

“Acredito que a nossa atuação tinha que ser assim desde o início. Viemos para cá sabendo que aqui é nossa casa e a maior responsabilidade é nossa. Fizemos nosso papel, mas na segunda-feira temos um outro jogo contra elas, tem que ser nessa pegada para melhor”, pontuou a armadora.

Foi a primeira vez da Cecília Miranda Momesso, de 5 anos, no ginásio para acompanhar uma partida. Pé quente, a pequena ficou encantada com o que viu e prometeu voltar para assistir todos os próximos jogos.

“Achei bem legal. Eu vou voltar todo dia aqui. Eu moro em Santo André e por isso estou torcendo para elas hoje”, disse a torcedora mirim com olhar curioso e sem perder nenhum movimento da quadra.

Após abrigar hospital de campanha e protagonizar mais de 15 mil vidas salvas, O Ginásio Laís Elena voltou a ser um equipamento de esporte e lazer atraindo famílias inteiras para torcer pelo time andreense.

Já é a quinta vez que o pai da Cecília, o engenheiro Saulo Momesso, de 43 anos, vai ao ginásio, mas a primeira vez após a pandemia da Covid-19.

“É a primeira vez que ela vem comigo. Eu acho importante pois é uma competição esportiva, mas ela tem o ensinamento de lealdade, equipe e é importante ela já ter essa visão desde pequena. Além, é claro, do momento que eu tenho com ela de pai e filha. A última vez que eu vim aqui foi antes da pandemia”, definiu.

Comente aqui