Data: 27/08/2021 19:50 / Autor: Redação / Fonte: Prefeitura de Santo André

Santo André é destaque no turismo e concorre a prêmio em cinco categorias

Votação do Top Destinos Turísticos vai até dia 15 de outubro


Crédito: Angelo Baima / PSA

Santo André tem se destacado no turismo, recebendo constantes investimentos na área gastronômica e aprimorando os diversos outros segmentos que refletem na cadeia de atividades ligadas ao setor. Com o reconhecimento, a cidade está concorrendo ao Prêmio Top Destinos Turísticos, realizado pela ADVB (Associação dos Dirigentes de Vendas e Marketing do Brasil), juntamente com a SKÅL International São Paulo.

Com o objetivo de identificar e selecionar os melhores destinos turísticos do Estado de São Paulo, a premiação auxilia na promoção da cidade como destino de destaque por possuir atrativos singulares nos segmentos no qual concorre.

No prêmio, Santo André está concorrendo nas categorias “Ecoturismo”, “Estudos e Intercâmbios”, “Gastronômico”, “Cultural”, “Religioso” e “Negócios e Eventos”. Os votos na cidade serão contabilizados até o dia 15 de outubro pelo site https://votetop.com.br/cidade/santo-andre.

A participação, por parte de Santo André, tem como foco envolver o munícipe nesse processo de promoção da cidade e, com essa mesma oportunidade, coletar uma perspectiva da visão no segmento. Faz parte das premissas do Plano Diretor de Turismo e das estratégias de atração de visitantes, que geram o fortalecimento da rede de serviços, geração de oportunidades e empregos e melhorias na qualidade de vida da população.

De acordo com o secretário de Desenvolvimento e Geração de Emprego, Evandro Banzato, a pasta tem encarado o turismo como uma importante ferramenta na retomada econômica do pós-pandemia.

“A atividade econômica gera inúmeras oportunidades de emprego e renda para a nossa cidade, com olhar especial para a região de Paranapiacaba. Em recente estudo, realizado em parceria com a Strong, foram identificados os milhares de turistas que vêm para a cidade para visitarem a Sabina e Paranapiacaba. Na Vila, temos inclusive levado cursos de capacitação juntamente com o Sebrae, em parceria com a CVC. Bom salientar também que nossas atividades também atingem outras áreas, pois estamos também preparando um portal de turismo que será referência para todo o cenário nacional”, contou Banzato.

Município de Interesse Turístico

Santo André tem protocolado na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo a requisição para o reconhecimento como cidade turística. A iniciativa agora passará por uma análise técnica pela Secretaria de Turismo do Estado de São Paulo.

A cada três anos, o Grupo Técnico de Análise dos Municípios Turísticos (GAMT), do Governo do Estado, faz um ranking entre as cidades com interesses turísticos. O próximo deverá ser realizado ainda este ano e, caso Santo André tenha uma boa colocação, terá a oportunidade de se tornar Município de Interesse Turístico (MIT), podendo obter recursos de até R$ 700 mil por ano, mediante a apresentação de projetos turísticos ou de infraestrutura turística.

Para que uma cidade possa se tornar MIT, seguindo a Lei 1261/15, ela precisa cumprir quatro exigências: entregar estudo de demanda turística referente ao ano anterior ao projeto de lei, inventário da oferta turística, plano diretor municipal de turismo e Conselho Municipal de Turismo instituído e atuante.

A realização do estudo de demanda turística no município teve início em outubro de 2020, com a formalização de acordo com a Strong Esags para a realização. Na parceria, a instituição forneceu apoio metodológico.

Em julho, centenas de andreenses, moradores de 57 bairros de Santo André, opinaram a respeito do turismo na cidade por meio do aplicativo de serviços utilizado pela Prefeitura, o Colab. A pesquisa, que aconteceu entre os dias 24 de junho e 7 de julho, teve como objetivo ouvir a opinião da população sobre o tema, para revisão do Plano Diretor de Turismo de Santo André, que foi concluída e aprovada no Conselho Municipal de Turismo, também em julho. O projeto será encaminhado à Câmara nas próximas semanas.

A participação da população na nova versão do documento, que estabelece diretrizes e metas para o turismo a serem aplicadas nos próximos anos, é uma das etapas mais importantes do processo de atualização do Plano.

Turismo de Santo André

Com seus mais de 700 mil habitantes e sua história de 467 anos, Santo André passou a ter a atividade turística como preponderante em decorrência da ascensão da Vila de Paranapiacaba como patrimônio histórico e ambiental, tombado pelo Condephaat (Estado de São Paulo) em 1987, pelo Iphan (Federal) em 2002 e pelo Comdephaapasa (Municipal) em 2003. A Vila de Paranapiacaba foi incluída entre os 100 monumentos mais importantes do mundo pelo World Monuments Fund, organização não governamental que atua na área de preservação de sítios históricos.

Dessa forma, tendo a Vila como principal atrativo, outras vocações turísticas altamente relevantes foram sendo desenvolvidas, como a gastronômica, referência na Região Metropolitana de São Paulo, e a do turismo de negócios, contando com uma ampla rede hoteleira preparada para receber trabalhadores, técnicos e especialistas que visitam as inúmeras empresas de alta tecnologia instaladas no local.

Desde 2019, o turismo de negócios também vem sendo fortalecido pela atuação do novo Parque Tecnológico de Santo André, que fomenta a inovação na cidade, e pelo programa Turismo Industrial e de Inovação, que realiza visitas guiadas a grandes empresas.

Além disso, o município possui uma série de atrações de lazer, educacionais e religiosas, que a qualificam para o recebimento do título de Município de Interesse Turístico do Estado de São Paulo.

A cidade conta com 11 parques, sendo oito localizados na parte urbana e duas unidades de grande porte situadas em áreas de proteção ambiental: o Parque Natural Municipal Nascentes de Paranapiacaba e o Parque Natural Municipal do Pedroso, este banhado pela Represa Billings, propiciando a possibilidade do turismo ecológico e de aventura.

Como referências do turismo na área educacional, a cidade possui a Sabina - Escola Parque do Conhecimento, com o Planetário Johannes Kepler, um dos mais modernos da América Latina, atraindo milhares de visitantes todos os anos. O município ainda possui mais de dez instituições de ensino superior, dentre elas Universidade Federal do ABC, Senai, Senac, FGV Strong, Fatec e Etec, que atraem visitantes, cientistas e pesquisadores em decorrência dos cursos, eventos e palestras oferecidos por todas estas instituições.

Como não bastassem tantas modalidades turísticas, Santo André também é referência nacional no turismo religioso, em especial por conta do Santuário Nacional da Umbanda, reconhecido em 2019 como patrimônio imaterial do Estado de São Paulo. Trata-se de uma referência nacional e internacional para os seguidores da Umbanda e Candomblé, recebendo anualmente milhares de visitantes de diversas cidades e estados brasileiros.

A cidade ainda tem o benefício de estar em localização privilegiada, no centro da Região Metropolitana de São Paulo, maior mercado consumidor do Brasil, facilmente acessada por transportes públicos (trem e ônibus) e servida diretamente por rodovias como Anchieta e Imigrantes, estando muito próxima ao Rodoanel. Além disso, está próxima do Aeroporto de Congonhas, do aeroporto de Guarulhos e do Porto de Santos.

Comente aqui