Data: 25/06/2019 17:47 / Autor: Daniel Betega / Fonte: Secom PSA

Roubos de veículos caem 51% em Santo André no mês de maio

Dados disponibilizados pela Secretaria de Segurança Pública nesta terça-feira apontam que ações integradas têm gerado resultados positivos


Roubos de veículos caem 51% em Santo André
Roubos de veículos caem 51% em Santo André

Crédito: Alex Cavanha

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) divulgou nesta terça-feira (25) balanço das ocorrências registradas em maio. Em comparação com o mesmo mês do ano passado houve redução em vários índices criminais em Santo André. O número de roubos de veículos caiu 51%, de 224 ocorrências para 118. Os roubos diversos tiveram queda de 22%, de 736 para 573 casos, já os furtos de veículos diminuíram 6%, passando de 410 para 383. Os dados de furtos diversos também reduziram de 625 para 592, uma queda 5%.

O prefeito Paulo Serra comemorou os resultados do último mês e destacou o trabalho cada vez mais focado na segurança pública. “Inauguramos o COI [Centro de Operações Integradas] na semana passada para coroar um trabalho de excelência que estamos desempenhando na área da segurança pública de Santo André. Estamos em busca de índices cada vez melhores para aumentar a sensação de segurança da nossa população. Nosso investimento continua, contratamos novos GCMs, compramos novas viaturas e vamos investir R$ 1,4 milhão para equipar a nossa corporação”, destacou.

Na última semana, a Prefeitura de Santo André inaugurou o Centro de Operações Integradas, que vai interligar imagens de mais de 300 câmeras em um único espaço e vai triplicar a capacidade de monitoramento de ruas e avenidas da cidade. O COI reúne, no terceiro andar do prédio do Executivo, uma moderna central com imagens geradas pela Guarda Civil Municipal (GCM), Departamento de Engenharia de Tráfego (DET), Defesa Civil, Polícia Militar, SATrans e Samu. A integração favorece um atendimento mais rápido de ocorrências e proporciona um caráter preventivo na segurança, com o uso das imagens para auxiliar em investigações.

A queda nos índices também é resultado de um conjunto de medidas tomadas pelas forças de segurança da cidade, que criaram o Comitê Integrado de Segurança (CIS), além da adesão do município ao Programa Detecta, que sincronizou câmeras de monitoramento para identificar, por meio da leitura da placa, veículos que estão com queixa de roubo. O CIS monta um mapeamento da criminalidade, possibilitando uma melhor estratégia de patrulhamento por rondas nas regiões com maior registro de queixas, além de montar operações específicas para os bairros.

A articulação das forças policiais também é determinante para a concretização de diversas operações policiais, como a Sono Tranquilo, a Integrada Municipal e a Ponto Seguro. A Guarda Civil Municipal participou ativamente de todas estas operações, incluindo as organizadas pela Polícia Militar, como a Força Total, Integrada Metropolitana e Paz Pública.

Comente aqui