Data: 13/09/2017 15:26 - Alterado em: 11/12/2019 09:49 / Autor: Redação / Fonte: Sesc Santo André

Programação musical do Sesc Santo André

Samuca e a Selva, Blues Beatles e shows gratuitos agitam a programação musical de dezembro no Sesc Santo André


Blues Beatles
Blues Beatles

Crédito: divulgação

No mês de dezembro o Sesc Santo André realiza programação musical diversificada e convida artistas de diferentes estilos e gêneros, com shows no Teatro da unidade ou gratuitos no Palco da Comedoria. Dia 13, sexta-feira, Samuca e a Selva fazem show de lançamento do álbum “Tudo que Move é Sagrado”, disco que homenageia os 70 anos do compositor Ronaldo Bastos. No domingo, dia 14, a banda Blues Beatles apresenta sua excêntrica sonoridade que mescla o estilo musical mais antigo do mundo com a música dos garotos de Liverpool. 

No fim do mês, a banda andreense Pin Ups, referência do indie rock brasileiro, convida músicos e outras bandas para show gratuito no Palco da Comedoria, no dia 21, sábado. Na semana seguinte, dia 28, o rapper Tifú também faz show gratuito na Comedoria com sua banda TiFunk, além de convidados como Alinega, Stephanie MC, entre outros. 

Tudo que Move é Sagrado, com Samuca e a Selva
Dia 13/12, sexta às 21h.

No Teatro.
Ingressos nos valores de R$ 30,00 (inteira), R$ 15,00 (meia-entrada) e R$ 9,00 (trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo e seus dependentes com Credencial Plena). Disponíveis no Portal Sesc SP ou nas Bilheterias da Rede Sesc.
Recomendação etária: 12 anos.

Samuca e a Selva apresentam no Sesc Santo André o novo disco “Tudo que move é sagrado”, álbum dedicado aos 70 anos do compositor Ronaldo Bastos. O trabalho tem direção artística e produção de Mauricio Tagliari, músico e um dos sócios da YB. Entre os convidados especiais deste segundo álbum de trabalho da banda estão Criolo, Luedji Luna, Filipe Catto, Liniker, Siba, a moçambicana Lenna Bahule, a colombiana Victoria Saavedra e a uruguaia Affonsina.

“Tudo que move é sagrado” apresenta um painel bem representativo da obra de Ronaldo Bastos Ribeiro, um dos letristas mais importantes da música do Brasil, nascido em 1948, em Icaraí, na então paradisíaca Niterói, RJ. Nele, estão canções que marcaram os últimos quarenta anos da música brasileira e que comprovam a versatilidade dos versos de Bastos, nos clássicos, na fase Clube da Esquina, nas parcerias e nos sucessos mais populares. 

“O que era pra ser um tributo se transformou numa grande celebração em torno do conjunto de suas canções. Foram duas semanas dentro do estúdio, com o Samuca liderando uma turma maravilhosa de músicos e convidados, todos abertos às minhas idiossincrasias e opiniões, mas também com contribuições individuais a partir de suas próprias referências musicais”, diz Mauricio Tagliari. “Tudo o que move…” é um disco atual, contemporâneo, que atravessa gerações e que mostra a originalidade e pluralidade de Ronaldo Bastos para a música do Brasil.

Samuca e a Selva é um coletivo fruto da união entre o cantor e compositor Samuel Samuca a um grupo de músicos de projetos de sucesso na cena da música contemporânea de São Paulo: Victor Fão, Bio Bonato, Fabio Prior e Guilherme Nakata (Nômade Orquestra); Felipe Pippeta (OBMJ), além de Allan Spirandelli e Kiko Bonato (Ba-boom), além de Leo Malagrino no baixo e Lucas Coimbra nos teclados e acordeom.

Blues Beatles
Dia 14/12, sábado às 20h.

No Teatro.
Ingressos nos valores de R$ 30,00 (inteira), R$ 15,00 (meia-entrada) e R$ 9,00 (trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo e seus dependentes com Credencial Plena). Disponíveis no Portal Sesc SP ou nas Bilheterias da Rede Sesc.
Recomendação etária: 12 anos.

Blues Beatles é o encontro da sonoridade vocal dos Beatles com o ritmo contagiante do blues. Músicas como “Help”, “Ticket to Ride” e “Yesterday” recebem arranjos novos, onde alguns elementos marcantes são preservados e outros modificados para que o universo do blues entre em ação. 

O resultado é um show inovador onde as melodias familiares dos Beatles se misturam com solos de guitarra, Hammond, piano e saxofone, que seguindo a tradição do blues são sempre improvisados. A banda apresenta-se nas principais casas do país como Bourbon Street Music Club (São Paulo), Bolshoi Pub (Goiânia), assim como nos maiores festivais do Brasil. A Blues Beatles está atualmente expandindo sua atuação para a Europa, Estados Unidos e Japão com turnês marcadas para 2018.

Blues Beatles é formada por Marcos Viana na voz principal, Flávio Naves no Hammond B3 e piano, Lancaster na guitarra e backing vocal, Bruno Falcão no baixo e backing vocal, Fred Barley na bateria e backing vocal, e Denilson Martins no saxofone e backing vocal.

Long Time No See, com Pin Ups e Convidados
Dia 21/12, sábado às 17h.

Grátis. No Palco da Comedoria. 

Com quase 30 anos de carreira a banda andreense Pin Ups lança em 2019 seu sétimo álbum, "Long Time No See", o primeiro desde 1999. Nesse show, apresentam seu repertório de carreira e convidam novas bandas do cenário do rock alternativo de São Paulo, como a também adreense Giallos, e o duo Antiprisma.

O disco teve ótima recepção pela crítica musical, sendo eleito o álbum da semana pela revista Veja, e ganhando destaque em sites importantes como o Popload Music e inúmeras publicações por todo o país.

O álbum traz onze músicas, alternando barulho e peso com momentos mais delicados e introspectivos e até uma faixa que flerta com o psyche rock do Spacemen 3. Toda essa variedade reforça o desejo de renovação do Pin Ups, que demonstra aqui sua maturidade, criatividade e ousadia em buscar novos caminhos.

TiFunk, com Tifu, Stefanie MC, Alinega, Thaís Aguiar e Evandro Smile
Dia 27/12, sábado às 17h.

Grátis. No Palco da Comedoria.

O rapper Arnaldo Tifu apresenta esse show com sua banda Tifunk, que traz elementos e instrumentos que destacam o peso do rap no groove e no swing original do funk, com a participação especial das MC´s Stefanie, Alinega, Thaís Aguiar e do dançarino Evandro Smile.

Tifunk convida o público para uma viagem poética e sonora, interpretando com sua banda clássicos dos 20 anos de carreira de Arnaldo Tifu. Além das poesias disparadas pelo DJ e a capela pelo MC, em alguns momentos surgem às rimas de improviso e interação com o público. A essência e alquimia sonora do Groove ao RAP, do Ritmo com a Poesia. 

Arnaldo Mendes da Silva é rapper Tifu, expoente da cena de Freestyle paulista e reconhecido por seu single de estreia “PRA CASCÁ”, que o levou a concorrer como revelação pela MTV - Novos Nomes da Música Brasileira na categoria RAP, em 2010. É fundador do selo independente Coletivo RISO, produtor cultural, arte-educador, compositor, improvisador de rimas e versos livres. No Rap desde que se entende por gente, já dividiu o palco com grandes nomes da nossa música em rimas de improviso e em seus trabalhos autorais. 

Comente aqui