Data: 28/05/2022 08:26 / Autor: Redação / Fonte: Prefeitura de Santo André

Programa de saneamento e infraestrutura de Santo André é referência internacional

Representantes da CAF, o Banco de Desenvolvimento da América Latina, vieram nesta sexta conhecer as obras do Programa Sanear Santo André, financiado em US$ 50 milhões


Crédito: Angelo Baima / PSA

O Sanear Santo André, um dos maiores programas de saneamento, combate às enchentes e infraestrutura urbana da história do município, é referência internacional. O reconhecimento ocorreu nesta sexta-feira (27) por representantes da CAF (Banco de Desenvolvimento da América Latina), que vieram ao município para conhecer as obras em andamento e já finalizadas. O programa recebe financiamento de US$ 50 milhões pela instituição. Como contrapartida, Santo André investirá mais US$ 12,5 milhões em melhorias.

“Mais uma vez, recebemos um reconhecimento internacional pelas boas práticas de gestão. Hoje, dirigentes da CAF vieram conhecer as obras realizadas na cidade. Com trabalho e planejamento, estamos construindo uma Santo André que dá certo, onde os investimentos chegam à nossa gente, através de melhorias e obras”, afirma o prefeito Paulo Serra.

O prefeito recebeu a comitiva técnica do banco para visitar o Complexo Viário Cassaquera –  a primeira intervenção  executada, com coordenação do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) – e a Estação de Coleta Ana Maria, a primeira unidade a ser implantada dentro do pacote de obras que contempla a construção de mais dez ecopontos.

“Para a CAF, como Banco de Desenvolvimento da América Latina, é muito gratificante poder ver as obras, os resultados e que a população está recebendo benefícios para melhorar a qualidade de vida. Santo André é um exemplo para outros municípios do Brasil e da América Latina”, destaca o representante da CAF no Brasil, Jaime Manuel Holguín Torres.

O Complexo Viário Cassaquera era aguardado há mais de 30 anos pelos moradores dos bairros Vila Homero Thon, Centreville e Parque Gerassi. As intervenções, que começaram em junho de 2020 e foram entregues em janeiro deste ano, envolveram a construção de uma nova avenida na Professor Luiz Ignácio de Anhaia Mello, canalização do córrego Cassaquera, entre outras obras.

Foram realizados implantação de diversos dispositivos de drenagem para melhorar o escoamento da água da chuva e diminuir a ocorrência de enchentes e alagamentos, instalação de iluminação de LED, construção de calçadas largas e com acessibilidade, faixa para ciclistas, projeto paisagístico e plantio de cerca de 700 árvores, arbustos e plantas na região, além da construção de duas travessias para motoristas e pedestres. Os quase dois quilômetros do córrego Cassaquera que foram canalizados também receberam obras de coleta e tratamento de esgoto, contribuindo para a despoluição do canal e a melhora da qualidade de vida da população.

Comente aqui