Data: 13/09/2021 16:13 / Autor: Susi Elena / Fonte: Semasa

Novo minicurso do Semasa discute o tema ‘educação de qualidade’

Inscrições para a atividade on-line podem ser realizadas até 22 de setembro


Crédito: Divulgação/Semasa

Em continuidade à série de minicursos sobre os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODSs), o Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) realiza neste mês de setembro o pocket curso ‘Educação de qualidade’, que é o tema do quarto objetivo estabelecido pela Organização das Nações Unidas (ONU).

A atividade abordará qual o panorama da educação brasileira, os desafios e como podemos assegurar uma educação inclusiva, equitativa e de qualidade, promovendo oportunidades de aprendizagem para todos. As inscrições já estão abertas e podem ser realizadas até o dia 22 de setembro, por meio do link www.semasa.sp.gov.br/minicursos. O pocket curso é gratuito e on-line, com carga horária de 8h e emissão de certificado. O início da turma será no dia 23 (quinta-feira).

Dentre as metas do ODS de número quatro, o Brasil se compromete a, até 2030, garantir que todos completem o ensino fundamental e médio na idade adequada, assegurando a oferta gratuita na rede pública e com resultados de aprendizagem satisfatórios e relevantes; que os jovens e adultos estejam alfabetizados, adquirindo conhecimentos básicos em leitura, escrita e matemática; e que os alunos tenham habilidades e conhecimentos necessários para promover o desenvolvimento sustentável, dentre outros.

A ONU estabeleceu 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável como práticas a serem adotadas pelos países membros para acabar com a pobreza, proteger o meio ambiente e o clima e garantir que todas as pessoas possam viver em paz e prosperidade. A agenda é composta por temas como saneamento, erradicação da pobreza, redução das desigualdades, cidades sustentáveis, consumo responsável, dentre outros.

Os minicursos do Semasa integram o Programa Sensibilizando Olhares, Compartilhando Saberes, que é voltado a pessoas com interesse nas questões ambientais. Além disso, as atividades fazem parte da Escola de Ouro Andreense, iniciativa da Prefeitura de Santo André para promover cursos gratuitos de qualificação. 

Comente aqui