Data: 13/11/2019 13:18 / Autor: Paola Zanei / Fonte: Secom PSA

Mostra reúne produções criativas dos espaços culturais de Santo André

Programação conta com espetáculos de dança, teatro, música, artes visuais, audiovisual, cultura popular, quadrinhos, artes integradas e cultura hip-hop


Emia quase 30 - 2ª Mostra Artístico
Emia quase 30 - 2ª Mostra Artístico

Crédito: Angelo Baima/PSA

Alunos das escolas públicas de artes de Santo André vão apresentar ao longo das próximas semanas o resultado de todas as atividades de formação e sensibilização desenvolvidas nos espaços culturais da cidade, na 2ª edição da Mostra Artístico-pedagógica. A programação segue até 13 de dezembro, e contará com as criações dos alunos da Emia (Escola Municipal de Iniciação Artística) Aron Feldman, da Escola de Cinema e Vídeo (ELCV), Escola Livre de Dança (ELD) , Escola Livre de Teatro (ELT) e o projeto Territórios de Cultura, que juntos já atenderam cerca de 1.300 estudantes neste ano.

A programação teve início com o lançamento da exposição “Emia quase 30”, que já pode ser conferida na Casa da Palavra Mario Quintana. A exposição traz os trabalhos dos aprendizes, adultos e crianças dos cursos de artes visuais da Emia Aron Feldman, que está localizada no Parque Regional da Criança Palhaço Estremilique, no Parque Jaçatuba. É composta por desenhos, esculturas, gravuras, pinturas, bordados e instalações que podem ser conferidos até o dia 27 de novembro. A programação completa está disponível no site www.santoandre.sp.gov.br

Em 2019, além das apresentações artísticas que acontecem no Teatro Municipal, é possível acompanhar as atividades da 2ª edição da Mostra Artístico-pedagógica em outros espaços, como o CEU Marek, CEU Ana Maria, Casa da Palavra Mario Quintana, Museu de Santo André, Chácara Pignatari e Centros Educacionais de Santo André (Cesas).  A programação tem dança, teatro, música, artes visuais, audiovisual, cultura popular, quadrinhos, artes integradas e cultura hip-hop. O objetivo da Mostra é revelar e integrar todos os processos  que aconteceram no ano nesses vários espaços diferentes da cidade e dar transparência às ações do Programa de Incentivo à Criação Artística da Secretaria de Cultura.

“As escolas fazem parte do percurso formativo de muitos profissionais que atuam na região e além dela. Nesses quase 30 anos de escolas públicas de artes em Santo André, muitos profissionais passaram por esses projetos, ora como aprendizes, ora como educadores, e muitas vezes de ambas as formas. A criança passa pela Emia ou pela ELD, como adolescente faz oficinas específicas nos bairros e quando chega à juventude escolhe uma ou mais escolas livres, e vai, assim, desenhando o seu percurso, a sua base”, destacou a gerente de Incentivo à Criação Artística, Vânia Cristina Ribeiro.

No dia 16 de novembro (sábado), por exemplo, acontecem duas apresentações de trabalhos produzidos pelos alunos da Escola Livre de Dança. O espetáculo De Trança em Trança ocorre às 18h e o espetáculo Refrações acontece às 20h, no Teatro Municipal Flavio Florence. No dia 17 de novembro (domingo), também acontece o espetáculo Refrações, no entanto às 17h e às 19h será possível assistir ao trabalho do Núcleo de Adultos da ELD, Uma Vida em uma Noite.

No dia 20 de novembro (quarta-feira) é a vez dos alunos da Escola Livre de Cinema e Vídeo apresentarem suas produções com a Mostra de Trabalhos de Direção Artística, no Parque Antonio Pezzolo - Chácara Pignatari, às 19h. No dia 21 (quinta-feira) é a vez da Mostra de Processos no Teatro Municipal Flavio Florence, trazendo o resultados das ações do Territórios de Cultura, às 15h.

De acordo com Vânia Cristina Ribeiro, a Mostra tem a função de compartilhar não necessariamente o trabalho pronto, mas o que foi vivenciado e apreendido durante o ano. O projeto Territórios de Cultura trabalha com oficinas, workshops e projetos propostos por orientadores culturais através de convocatória pública, pensando no compartilhamento de conteúdos culturais ou artísticos.

A Escola Livre de Teatro mostra sua produção no dia 23 (sábado), às 19h e às 21h, com a apresentação de duas montagens do texto de Bertolt Brecht, A Exceção e a Regra, no Teatro Municipal Flavio Florence.  No dia 24, o palco do Teatro Municipal volta a receber os alunos da Escola Livre de Dança, desta vez do núcleo infantil, com o espetáculo Caminhos, às 18h.

A programação da 2ª Mostra Artístico-pedagógica segue até o dia 13 de dezembro com o seminário de apresentação dos Projetos Políticos Pedagógicos das Escolas Livres de Santo André, às 19h, no auditório Heleni Guariba, no Paço Municipal. “São fruto de um esforço coletivo e colaborativo que envolveu centenas de aprendizes, famílias, professores, funcionários, que compõem as comunidades presentes nessas escolas e o objetivo desse encontro é compartilhar os conteúdos construídos internamente. Os projetos políticos e pedagógicos tornam-se, assim, pela primeira vez, documentos públicos, e serão entregues à cidade”, afirmou a gerente de Incentivo à Criação Artística, Vânia Cristina Ribeiro.

Comente aqui