Data: 21/07/2021 17:07 / Autor: Susi Elena / Fonte: Semasa

Infrator remove resíduos descartados em área pública

Motorista de caminhão jogou irregularmente cerca de 18 toneladas de entulho às margens do córrego dos Meninos, em Santo André


Infrator remove resíduos descartados em área pública e terá de participar de operações de limpeza
Infrator remove resíduos descartados em área pública e terá de participar de operações de limpeza

Crédito: Divulgação/Semasa

Um motorista que foi pego em flagrante jogando cerca de 18 toneladas de entulho na avenida Lauro Gomes, na Vila Sacadura Cabral, efetuou a limpeza do local na tarde desta terça-feira (20). O Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) também exigirá que o responsável participe semanalmente de operações de limpeza pública do município, até que todo o débito em aberto em decorrência dos crimes ambientais, que somam mais de R$ 50 mil, seja quitado.

Com isso, o infrator, após assinar um Termo de Compromisso de Adequação Ambiental, ficará responsável pelos custos de destinação final dos resíduos que ele coletar. A prestação dos serviços, portanto, significará em redução de custos para o Semasa que seriam gastos em outros locais que também sofrem com o descarte irregular de resíduos.

O superintendente do Semasa, Gilvan Junior, pontua que este tipo de punição socioeducativa vai permitir ao infrator se sensibilizar e vivenciar o trabalho árduo realizado pela autarquia. “As nossas equipes trabalham continuamente na zeladoria e limpeza da cidade. Com ações como esta, os responsáveis vão poder ver de perto como este trabalho é difícil e que o descarte irregular é prejudicial ao meio ambiente e à saúde pública. Em Santo André, não vamos tolerar quem degrada o meio ambiente”, conclui.

Relembre o caso – Na madrugada do dia 5 de julho, a equipe de Fiscalização Ambiental do Semasa, com o apoio da GCM (Guarda Civil Municipal), flagrou e perseguiu um caminhão poluindo uma área às margens do córrego dos Meninos, na Vila Sacadura Cabral. O responsável não parou em abordagem e dirigiu em alta velocidade por cerca de 10 km.

A autarquia verificou que o condutor já possuía histórico vasto de infrações ambientais, o que lhe rendeu – nesta última autuação – mais um Auto de Infração Ambiental (multa) de 10.000,00 FMPs (Fator Monetário Padrão), cujo valor é de R$ 42.925,00, além de apreensão do veículo. Após o acordo com o Semasa, o caminhão utilizado pelo infrator para o descarte de entulho, às margens do córrego dos Meninos, foi liberado.

Comente aqui